No peito e na alma !

No peito e na alma !

sábado, 17 de setembro de 2016

Lucas Lima quer fatia em direitos e 'cláusula de Gabigol' para renovar



O meia Lucas Lima iniciou as negociações para renovar contrato com o Santos até o fim de 2020. O vínculo atual do jogador termina em dezembro de 2017. O UOL Esporte apurou que, para estender o contrato, o camisa 10 pediu parte dos direitos econômicos que pertencem a Doyen Sports.

O grupo de investidores maltês é detentor da "fatia" maior dos direitos de Lucas Lima (80%), enquanto a Khodor Soccer e o Santos dividem o restante (10% cada um).

Além disso, Lucas Lima e Santos "costuram" uma cláusula contratual semelhante a que levou Gabigol recentemente para a Internazionale, da Itália. A cláusula obrigaria o clube paulista a liberar o meia da seleção brasileira por 15 milhões de euros (R$ 54,6 milhões) em caso de propostas do futebol europeu. No caso de Gabriel, o alvinegro praiano era obrigado a liberá-lo em caso de propostas acima de 18 milhões de euros (R$ 65 milhões). 

Salários e valores de luvas – dinheiro que seria como um bônus, um pagamento feito por fora do contrato e dos salários para ele – também já são discutidos entre as partes. Mas vale ressaltar que as conversas estão bem no início.

No entanto, Lucas Lima deve obter o status de maior salário do elenco santista. Caso aceite a renovação, o meia deverá receber em torno de R$ 350 mil mensais por mês.

O Santos usa "jogo de cintura" para manter Lucas Lima. Além de negociar com Wagner Ribeiro, o clube paulista também conversa com Edson Khodor. Ele ainda é o representante de Lucas Lima judicialmente, pois tem contrato com o atleta até dezembro de 2018.

Lucas Lima decidiu iniciar o processo de renovação com o Santos após ficar sem propostas na última janela de transferências europeia.

A única tentativa de um clube europeu em contratar Lucas Lima neste ano ocorreu através do Crystal Palace, que disputa a primeira divisão do Campeonato Inglês.

No entanto, a equipe inglesa ofereceu uma proposta bem modesta para ficar com o jogador da seleção brasileira por uma temporada. O Crystal Palace propôs desembolsar pagar o total da multa após o primeiro ano e, mesmo assim, somente se o meia fosse bem.

A conversa com o Crystal Palace ocorreu com os representantes de Lucas Lima, que descartaram a proposta e aguardam uma oferta maior do futebol europeu. Ao Santos só chegou uma espécie de 'carta de intenção'. Uol

Nenhum comentário: