No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 11 de setembro de 2016

De virada, Santos vence o Corinthians e volta a encostar no G-4 do Brasileiro


Peixe supera desfalques e bate concorrente direto na luta por uma vaga na zona de classificação para a Libertadores. Diferença entre os rivais cai para um ponto

Nem os desfalques nem a superioridade do adversário na primeira etapa foram capazes de tirar a vitória do Santos no clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro, neste domingo. De virada, o Peixe venceu o Timão por 2 a 1, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, e voltou a encostar no G-4 da competição.

Com a vitória, a diferença do Santos, que vinha de três derrotas consecutivas no torneio, para o Corinthians caiu para um ponto. O time de Dorival Júnior é o quinto colocado, com 39 pontos, enquanto a equipe de Cristóvão Borges continua com 40 pontos, na quarta posição.

Na próxima rodada, o Santos vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo, na quarta-feira, às 19h30, no estádio Luso-Brasileiro. No mesmo dia, mas às 21h45, o Corinthians vai ao Paraná para enfrentar o Coritiba, no estádio Couto Pereira.

Gustavo é cercado por Daniel Guedes, Thiago Maia e Luiz Felipe (Foto: Marcos Ribolli)

Primeiro tempo

Com um sistema ofensivo remontado por causa dos desfalques de Victor Ferraz, Lucas Lima e Ricardo Oliveira, o Santos tentou iniciar o jogo mostrando ao seu torcedor que poderia fazer frente ao Corinthians. Na primeira jogada, pela esquerda, Copete cruzou e Rodrigão acertou a trave de Cássio, em lance que acabou anulado pelo auxiliar. O problema é que o bom momento do Peixe no clássico durou apenas seis minutos.

O Timão, aos poucos, foi dominando o confronto, quase sempre pelo lado direito com Fagner. O lateral teve boa chance aos 18 minutos e depois deu bom lançamento para Rodriguinho, que chutou por cima. O gol corintiano saiu aos 36 minutos. E foi um golaço: Marlone fez tabela com Rodriguinho e, após passe de calcanhar, bateu colocado no canto esquerdo de Vanderlei sem dar chance ao goleiro santista.

Renato comemora o gol da virada do Santos. Vitória levou o Peixe aos 39 pontos (Foto: Marcos Ribolli)

Segundo tempo

Vindo de três derrotas consecutivas no Brasileirão, o Santos voltou do intervalo procurando ter mais presença ofensiva. Além de ter mais posse de bola, o time de Dorival Júnior adiantou a marcação e pressionou mais a saída dos corintianos.

Com Vitor Bueno na função de principal referência do sistema ofensivo, o Peixe tentou pressionar, mas vinha abusando das jogadas pelo alto até que uma deu certo. Aos 24 minutos, Vilson trombou com Luiz Felipe pelo alto, e o árbitro marcou pênalti a favor dos donos da casa. Na cobrança, Vitor Bueno deslocou Cássio e empatou a partida.

Empolgado, o Santos se manteve no ataque. O Corinthians, prejudicado com as mexidas de Cristóvão Borges que não surtiram efeito, perdeu o meio de campo e viu o rival crescer. O gol da virada do Peixe saiu aos 40 minutos - Renato desviou de cabeça cruzamento de escanteio da esquerda e conseguiu definir a vitória santista.
Globoesporte.com

Nenhum comentário: