No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 7 de agosto de 2016

Santos perde para o lanterna América e continua atrás do Flamengo



Com o goleiro Vanderlei expulso aos 31 minutos do segundo tempo e sem Ricardo Oliveira, cortado na última hora por causa de uma virose, o Santos decepcionou e perdeu por 1 a 0 para o lanterna América-MG, neste domingo (7), no estádio Independência, pela 19ª rodada, a última do primeiro turno do Brasileiro. O gol do América-MG foi marcado pelo volante Juninho, aos 44 minutos da segunda etapa.

A equipe paulista desperdiçou a chance de voltar à liderança da competição ao permanecer com 33 pontos, um a menos do que o Flamengo. O Santos pode ser superado por Palmeiras, Corinthians, Grêmio e Atlético-MG, que ainda jogam nesta rodada. Já o América-MG agora está com 13 pontos, ainda na última colocação do Nacional. 

Na próxima rodada, no domingo (14), o Santos recebe o Atlético-MG, adversário direto pelas primeiras posições do Brasileiro. Para este jogo na Vila, o clube não poderá contar com Vanderlei e o meia Lucas Lima, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Lima retornou hoje à equipe titular após se recuperar de uma lesão. Ele não jogava desde o dia 27 de julho, quando o time praiano enfrentou o Gama pela Copa do Brasil. 

Quem foi bem: João Ricardo, goleiro do América-MG

O Santos não exigiu tanto, mas quando o América precisou de seu goleiro, João Ricardo correspondeu. Na primeira etapa, Rodrigão e Vitor Bueno ficaram cara a cara com o atleta do time mineiro e, em ambas as chances, ele conseguiu evitar o gol santista.

Quem foi mal: Rodrigão, pouca mobilidade e gol perdido

Sem contar com Ricardo Oliveira, Dorival Júnior escalou Rodrigão como titular no ataque do Santos e o centroavante decepcionou. Sem mobilidade, ele pouco apareceu para o jogo e, quando apareceu, perdeu um gol cara a cara com João Ricardo. Foi substituído aos 23 minutos do segundo tempo por Joel.

Santos ligeiramente melhor no primeiro tempo

Mesmo com o retorno de Lucas Lima, que buscou o jogo durante a etapa inicial, o Santos teve dificuldades para superar a defesa do América-MG. Os visitantes até tiveram certa liberdade pelo lado esquerdo do ataque, mas produziu pouco diante do lanterna do Campeonato Brasileiro.

A equipe paulista criou duas chances claras de gol no primeiro tempo. Aos 6 minutos, Rodrigão recebeu um belo passo de Copete, ficou cara a cara com João Ricardo, chutou cruzado e parou na defesa do goleiro.

João Ricardo apareceu novamente dois minutos depois. Vitor Bueno tentou encobri-lo, mas o goleiro do América-MG saiu bem da meta e conseguiu abafar a finalização do santista.

Renato encanta com belo chapéu

Apesar dos 37 anos, o volante santista Renato continua exibindo classe e habilidade nos gramados. Aos 19 minutos, o atleta aplicou um belo chapéu no atacante Michael e saiu jogando com estilo.

Segundo tempo começa aberto e Vanderlei salva o Santos, mas é expulso
compartilhe
vídeos relacionados





0:00


0:15
360p

720p
360p





Na volta para a etapa final, os técnicos Enderson Moreira e Dorival Júnior não mexeram em suas equipes, mas a partida ficou mais aberta nos primeiros minutos.

Se no primeiro tempo, as melhores oportunidades foram santistas, no segundo foi o América-MG que tomou a iniciativa. Aos 4 minutos, Michael saiu na frente de Vanderlei, mas o goleiro da equipe paulista bloqueou a finalização e salvou o Santos. No entanto, aos 31 minutos, o jogador foi expulso ao fazer uma falta em Victor Rangel.

O atacante recebeu um longo passe, tentou o drible sobre Vanderlei, que parou o lance com uma falta fora da área. Como era o último homem, foi advertido com o cartão vermelho direto pelo árbitro Pablo dos Santos Alves. Dorival colocou o goleiro Vladimir no lugar de Vitor Bueno.

Com um a menos, o Santos recuou e, aos 44 minutos, sofreu o gol do volante Juninho. O atleta recebeu um passe na altura da marca do pênalti, livre de marcação e chutou de esquerda para superar o goleiro Vladimir e dar a vitória aos mandantes. 

FICHA TÉCNICA


América-MG 1 x 0 Santos
Data: domingo, 7 de agosto de 2016
Horário: 11h (de Brasília)
Local: Estádio Independência
Árbitro: Pablo dos Santos Alves
Assistentes: Luis Felipe Gonçalves e Oberto Santos da Silva (ambos do PB)
Gol: Juninho (América- MG), aos 44 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Gilson e Leandro Guerreiro (América-MG); Lucas Lima (Santos).
Cartão vermelho: Vanderlei (Santos).

América-MG: João Ricardo; Alison, Sueliton, Jonas e Gilson; Pablo, Leandro Guerreiro (Diego Lopes), Juninho e Matheusinho (Victor Rangel); Osman e Michael (Danilo).
Técnico: Enderson Moreira

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Caju; Léo Cittadini, Renato, Vitor Bueno (Vladimir), Lucas Lima (Jean Mota); Copete e Rodrigão (Joel).
Técnico: Dorival Jr.

Nenhum comentário: