No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 14 de agosto de 2016

Dorival não credita vitória ao efeito Robinho: "Fizemos um grande jogo"


Técnico não acredita que Santos tenha mostrado mais disposição em campo contra o Atlético-MG por ter o ex-atacante do outro lado pela primeira vez

Robinho jogou pela primeira vez contra o Santos neste domingo, na Vila Belmiro, e foi hostilizado pelos torcedores desde o momento em que pisou no gramado (veja os melhores momentos do jogo no vídeo acima). O calor da torcida pareceu ter inflamado os jogadores, que mostraram muita vibração e buscaram o resultado desde o primeiro minuto. Para o técnico Dorival Júnior, porém, a vitória por 3 a 0 não veio por causa do Rei das Pedaladas.

O treinador elogiou a boa marcação sobre Robinho e não acredita que ele tenha "sentido o jogo". Dorival preferiu enaltecer a atuação santista em um "excepcional jogo contra o Galo".


– Não (foi efeito Robinho). Foi muito bem marcado. As qualidades dele são indiscutíveis e ele não tem que provar nada. Dificilmente sentiria o jogo pela vivência que tem. Estávamos bem postados e diminuímos o raio de ação dele, e dos outros jogadores. Tivemos humildade para marcar uma grande equipe e jogar dentro de nossas características – disse Dorival Júnior em entrevista coletiva.

– A equipe estava determinada em busca do resultado mesmo com desfalques. Foi um excepcional jogo, muito bonito, plástico. Equipes que se entregaram e buscaram o gol com frequência. O Santos aproveitou a parada e teve melhora considerável em todos os aspectos, proporcionando um grande resultado – completou o comandante santista.

O Peixe folga nesta segunda-feira e volta aos treinamentos na terça à tarde. A próxima partida será contra o Coritiba, domingo, no Couto Pereira.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: