No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 29 de agosto de 2016



Com a venda de Gabriel para a Inter de Milão, Lucas Lima herdará a camisa 10 do Santos. Um dos principais jogadores do elenco, o meia passará a ter que lidar com o peso de vestir o número que já foi de Pelé justamente quando está em baixa no ano.

Em suas 12 aparições no Campeonato Brasileiro de 2016, Lucas Lima acertou 471 passes - uma média de 39,25 por jogo, de acordo com dados doFootstats. Além da queda em relação ao ano passado, quando ostentava um índice de 44,5 toques certos por partida, o jogador caiu de rendimento nas últimas rodadas.

Se forem analisados apenas os últimos cinco confrontos que participou, o novo camisa 10 do Peixe acertou 36,6 passes por partida, tendo tido uma atuação mais fraca contra a Ponte Preta, pela 15ª rodada, quando tocou a bola para os seus companheiros apenas 30 vezes.

A queda de produção e as lesões podem ter sido fatores que frustraram o objetivo do jogador de 26 anos de ir jogar na Europa.

Depois de já ter afirmado publicamente que tinha o desejo de ser vendido nesta janela de transferência, Lucas Lima chegou a ser especulado em clubes de ponta na Europa, porém nenhuma proposta que agradasse parece ter sido recebida na Vila Belmiro. O prazo para o fim das contratações na Europa é o dia 31 de agosto, quarta-feira.

Um dos quesitos que mais evidencia essa baixa do atleta é o número de desarmes que ele realiza. Nesse fundamento, que Lucas Lima sempre mostrou bons índices para um jogador de ataque, houve uma brusca queda.

Das 22 vezes que ele roubou a bola de adversários no Brasileirão, 21 foram nos seus oito primeiros jogos, tendo desarmado oponentes apenas uma vez, contra o Coritiba, nas últimas quatro partidas.

O índice de finalizações corretas de Lucas Lima, no entanto, melhorou em comparação com a última edição do Campeonato Brasileiro. Neste ano, o meia acerta um a cada dois chutes que dá, enquanto em 2015 esse número cai para próximo a um acerto na meta a cada três tentativas.

Apesar disso, Tite parece não ver a má fase do meia como um empecilho. Em sua primeira convocação como técnico da seleção brasileira, o treinador chamou o jogador do Santos para integrar o elenco que irá enfrentar o Equador, no dia 1 de setembro, e a Colômbia, no dia 6, pelas Eliminatórias da Copa de 2018.

Contratado do Internacional em 2014, Lucas Lima usava a camisa 20, enquantoGabigol vestia a 10. Antes, o número era usado por Montillo. O meia deverá utilizar a nova numeração já na próxima partida, contra o Internacional, pela 23ª rodada do Brasileirão, no dia 8 de setembro, quinta-feira.

ESPN

Nenhum comentário: