No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 21 de agosto de 2016

Após derrota, Dorival pede Santos mais agressivo se quiser ser campeão



Depois de semana livre para treinamentos, técnico esperava melhor atuação, mas Peixe foi derrotado por 2 a 1, de virada, para o Coritiba, no Couto Pereira

Dorival Júnior esperava mais do Santos na derrota por 2 a 1 para o Coritiba neste domingo, no Couto Pereira. Depois de semana livre para treinamentos, o técnico não gostou da atuação e admitiu que o Coxa mereceu a vitória.

O treinador pede para o Peixe ter uma postura mais agressiva se quiser brigar pelo título nacional após 12 anos. O Alvinegro poderia se manter na segunda colocação do Campeonato Brasileiro e ficar a um ponto do líder Palmeiras se vencesse. Com a derrota, caiu para o quarto lugar e pode deixar o G-4 ao fim da rodada se o Corinthians ganhar do Vitória nesta segunda-feira.

– Não pode acontecer o que aconteceu ao longo da partida. Tínhamos o jogo bem administrado, trabalhando a bola depois do primeiro gol, criando oportunidades, mas passamos a ter dificuldades. Coritiba começou a pressionar, entrando no nosso campo, tirando saída de bola e complicando transição. A partir desse momento eles prevaleceram e tiveram méritos. Os últimos minutos foram decisivos na definição do resultado – analisou Dorival.


– Esperava uma melhora maior depois da semana de trabalhos, mas não aconteceu. A luta é pela melhor colocação possível, estar entre os primeiros. E não podemos bobear como hoje ou em outros jogos. Teremos que ter uma postura mais agressiva se quisermos brigar por algo maior. Não podemos perder pontos importantes e isso nos penaliza por uma colocação ainda melhor agora. Temos que ter equipe forte, competitiva, que lute com maior intensidade pelos resultados que temos deixado ao longo do caminho – completou o comandante santista.

Depois da derrota para o Coritiba, o Santos volta a campo pela Copa do Brasil nesta quarta-feira, contra o Vasco, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, pelo primeiro jogo das oitavas de final. Dorival deve ter Zeca, Thiago Maia e Gabriel à disposição depois do ouro na Olimpíada. Globoesporte.com

Um comentário:

:.tossan® disse...

Dorival reclama sem razão, quem adotou a tática covarde contra o América e Coritiba foi ele. Todas as vezes que vencemos fora de casa foi porque usamos o nosso DNA. Pra cima de mim não Dorival. Abraço