No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Santos rescinde contrato com Jean Chera



O Santos rescindiu o contrato do meia Jean Chera. A rescisão foi publicada no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF às 16h59 desta terça-feira. A ação do clube alvinegro deve marcar o fim da carreira do jogador de apenas 21 anos, que havia "desaparecido" do clube no início de julho. O pedido para encerrar o contrato partiu do atleta.

Jean estava tratando de uma lesão no tornozelo esquerdo no Peixe, mas no começo do mês, parou de ir ao clube e sequer avisou a diretoria. Ficou duas semanas sem dar notícias. O jornal "Lance!" apurou que, durante o "sumiço", o jogador chegou a ir para Vera (MT), sua cidade natal, antes de retornar para a Baixada Santista. Pouco antes de abandonar o tratamento, ele brigou com seu pai, Celso Chera.

Desde então, a expectativa era que o jovem se reunisse com seu empresário para definir o futuro. A diretoria alvinegra, assim como familiares e o próprio agente de Jean, tentaram convencê-lo a permanecer no futebol, mas a rescisão do contrato indica que a carreira do atleta deve realmente ter um fim precoce.

Jean Chera estava emprestado até o fim de 2016 à Portuguesa Santista, que disputa a Quarta Divisão do Campeonato Paulista, mas sofreu uma torção no tornozelo esquerdo e voltou ao Santos para tratar-se no Cepraf do CT Rei Pelé.


O "sumiço" não foi a primeira polêmica em que o meio-campista se envolveu no Santos. Apontado desde os 11 anos como joia da Vila Belmiro, o garoto não entrou em acordo no momento em que foi assinar o primeiro contrato profissional com o clube, em 2011.

Então agenciado por seu pai, Celso Chera, ele pediu um contrato de três anos com o Santos, com salários progressivos (R$ 75 mil no primeiro ano, R$ 100 mil no segundo e R$ 130 mil no terceiro), além de luvas avaliadas em R$ 1 milhão. O Santos queria pagar R$ 30 mil mensais, proposta que foi recusada. O jogador, então, foi liberado. Na época, Jean tinha 15 anos e posteriormente lamentou a saída do Peixe.

O meia retornou ao Santos no ano passado, inicialmente para atuar pelo sub-23. A diretoria viu o retorno como uma segunda chance ao garoto, que passou a receber salário de de R$ 980 mensais. Depois de alguns meses recuperando a forma física, ele foi emprestado à Portuguesa Santista, mas sofreu a lesão.

Antes de voltar ao Peixe, Jean passou por Genoa (ITA), Flamengo, Atlético-PR, Cruzeiro, Oeste, U. Craiova (ROM), Paniliakos (GRE), Buelna (ESP) e Cuiabá.

Uol

Nenhum comentário: