No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Santos reencontra rival que 'garantiu' título brasileiro de 2002

Na última rodada da primeira fase do Brasileirão de 2002, Peixe perdeu para o São Caetano e só avançou às quartas pela vitória do rebaixado Gama. Times se reencontram nesta noite



Última vez que Santos e Gama se enfrentaram foi justamente em 2002 (Foto: Tony Winston)

Se em 2002 o Santos montou um time que encantou os olhos do torcedor e terminou na conquista do Brasileirão daquele ano sobre o arquirrival Corinthians, tudo isso poderia não ter acontecido sem a contribuição de um time "discreto", pouco comentado na história do futebol nacional, mas merecidamente lembrado com carinho pelo santista.

Esse time é justamente o adversário do Peixe na noite desta quarta-feira, às 21h45, pela terceira fase da Copa do Brasil: o Gama, que atualmente não disputa nenhuma das quatro divisões do Campeonato Brasileiro e precisa da vitória a todo custo para seguir com calendário oficial aos jogadores. Em caso de eliminação, o clube volta a disputar torneios apenas no Estadual de 2017.

Em 2002, quando o Brasileirão ainda era disputado no formato mata-mata, o Santos estava próximo de classificação à segunda fase até a penúltima rodada, quando tropeçou em casa e saiu derrotado por 3 a 1 para a Ponte Preta. A próxima e última rodada seria decisiva para o time de Emerson Leão. 

Precisando da vitória para se garantir, o Peixe perdeu fora de casa para o São Caetano, por 3 a 2, e corria o risco de não avançar às quartas de final se o Coritiba derrotasse o já rebaixado Gama. O meia Elano, ainda jovem à época, deixou o gramado do Anacleto Campanella aos prantos acreditando na eliminação. Mas a história foi escrita na sequência e o final é inesquecível para o torcedor alvinegro.

O Gama goleou o Coxa por 4 a 0 e garantiu a classificação do Peixe em oitavo lugar. O Gama, então, indiretamente garantiu o título nacional do time comandado por Diego, Elano, Renato e Robinho, que ainda bateu São Paulo, Grêmio e Corinthians para erguer o troféu.

Historicamente grato ao Gama pelo título que tirou o clube da fila em 2002, o Peixe não pretende devolver a gentileza e "dar" calendário ao rival, tanto é que o técnico Dorival Júnior escalará todos os titulares que tem à disposição. Lancenet

Nenhum comentário: