No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 14 de junho de 2016

PSG oferece R$ 117 milhões por Gabigol, mas Santos sobe o preço de venda



O atacante Gabriel Barbosa, por intermédio de seus representantes, recebeu uma proposta do PSG, da França. O UOL Esporte apurou que o clube Ffrancês está disposto a pagar 30 milhões de euros (R$ 117 milhões) pelo jogador. O problema é que o Santos recusou a oferta e pediu 40 milhões de euros (R$ 157 milhões) para liberar o seu camisa 10.

O Santos subiu em 10 milhões de euros o preço para negociar o atacante da seleção brasileira depois de Wagner Ribeiro, empresário do atleta, revelar que oSantos aceitava negociar o jogador por 30 milhões de euros no mês passado.

O agente de Gabriel confirma a informação da proposta, mas esconde o clube. Segundo ele, o 'grande time' interessado da Europa já busca outro atacante no mercado do futebol após a recusa do Santos.

"Não posso falar muito, pois existe sigilo, um termo de confidencialidade, mas a proposta eu entreguei nas mãos do presidente (Modesto Roma). Existe a proposta, mas não posso te falar o país, pois vocês (imprensa) vão saber o clube. O presidente do Santos pediu mais e, por isso, esfriou. Já até venceu. Eles querem outro centroavante", afirmou Wagner Ribeiro ao UOL Esporte.

O Santos, por intermédio da assessoria de imprensa, alega que não recebeu nenhuma proposta por Gabriel.

O camisa 10, por sua vez, trata o PSG como um sonho de sua carreira e ficou animado com a proposta. Gabigol, inclusive, recusou uma proposta tentadora do Hebei Fortune, da China, pois ficou animado com o interesse dos franceses.

O time chinês, que atua o atacante argentino Lavezzi, está disposto a pagar o valor da multa rescisória de Gabriel, estipulada em 50 milhões de euros (R$ 196 milhões). A proposta não chegou ao Santos, mas os chineses procuraram o estafe do jogador e ofereceram também mais de R$ 5 milhões mensais de salário ao atleta

Gabigol rejeitou e alegou que pretende jogar na Europa. No entanto, o PSG já avisou que não paga o valor da multa rescisória. Desta forma, o estafe de Gabriel terá que convencer a diretoria santista a negociá-lo por 30 milhões de euros, valor da oferta francesa. 

Os direitos econômicos de Gabigol estão divididos entre o Santos (40%), a família do atleta (40%) e a Doyen Sports (20%). 

Gabriel foi um dos poucos atletas da seleção brasileira que ganhou notoriedade na Copa América Centenário, nos Estados Unidos, onde o Brasil não passou da primeira fase. O atacante santista começou como reserva, fez gol na goleada contra o Haiti por 7 a 1 e terminou a competição como titular. 

Uol

Nenhum comentário: