No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Mesmo sem forma física ideal, Lucas Lima deve ser titular contra o São Paulo





Lucas Lima ainda não alcançou o seu melhor condicionamento físico. E esse processo pode ser mais demorado do que o torcedor santista imaginava. Dorival Júnior voltou a utilizar o meia nesta quarta, contra o Fluminense, depois de poupá-lo contra o Atlético-PR, no sábado, mas só o colocou em campo na metade do segundo tempo.

O técnico deixou claro que Lucas Lima poderá alterar ficar de fora de mais algumas rodadas do Campeonato Brasileiro. Porém, Dorival sabe que o jogador pode ser fundamental neste domingo, no clássico contra o São Paulo, no Pacaembu.

"Vamos ver o que temos em mãos. Essa situação do Lucas Lima também, se de repente iniciamos com ele ou continuaremos com esse processo. Ele ainda não está nas suas melhores condições, caminha para isso, mas nós temos de tentar agilizar o máximo possível para que possamos tê-lo em totais condições. Um jogo dificílimo, um clássico", comentou o treinador, explicando a situação do camisa 20.

"Ele fez um trabalho em período integral na sexta, no sábado e no domingo. Na segunda também. Não tinha condições de iniciar a partida. Nós continuaremos esse trabalho, agora vou ouvir os preparadores físicos para que possamos ter uma base em relação a preparação do Lucas. Caso continuemos esse processo, daremos essa condição a ele. O que eu quero é que ele tenha sua condição física restabelecida", continuou o comandante.

Desde que sofreu um entorse ligamentar no tornozelo direito durante o primeiro duelo com o Audax, pela decisão do Campeonato Paulista, Lucas Lima tem sofrido para voltar à normalidade de sua condição física e atlética. O período com a Seleção Brasileira na Copa América Centenário também colaborou para esse retardamento de sua preparação.

"Foram poucos dias. Precisaremos de um tempo maior. Nós vamos conversando para que possamos ajustar. De repente ele atue, inicie essa parida seguinte, fique de fora na oura, enfim. São fatos que nós temos que, mais ou menos, coordenar para que ele possa estar totalmente restabelecido. Fato esse que ele vai pegar com uma naturalidade maior por causa da boa sequência, mas que ficou comprometido em função das leões", explicou Dorival Júnior.

Enquanto isso, Léo Cittadini vai aproveitando as oportunidades que tem recebido do treinador santista justamente em função da ausência do principal armador da equipe. Na vitória por 4 a 2 em cima do Fluminense, a jovem promessa deu mais uma assistência, desta vez para Rodrigão marcar, e lançou a bola que resultou no terceiro gol do Santos, o segundo de Gabriel no jogo.

"É um garoto que também vem evoluindo, vem melhorando. As pessoas têm de ter um pouco de paciência, mas é um garoto que promete muito também, que vem num processo de evolução muito bom. Eu acredito bastante no Léo e tenho certeza que ele vai conseguir uma afirmação. Ele tem ainda 19, 20 jogos, sei lá, pela equipe (26, na verdade). Espero que ele continue mostrando o que eu ele vem apresentando", apontou Dorival.

ESPN

Nenhum comentário: