No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Gols no fim viram pesadelo, e Santos tenta evitar erros para vencer Flu fora

Peixe levou gol depois dos 35 minutos do segundo tempo contra Figueirense, Internacional, Corinthians e Atlético-PR. Por isso, trabalhar para ter mais atenção

Com 13 pontos, o Santos entrou na 10ª rodada como o oitavo colocado do Campeonato Brasileiro. É claro que o se não existe no futebol, mas o Peixe, se não tivesse sofrido tantos gols nos minutos finais das partidas, poderia estar em situação melhor.

Nos jogos contra Figueirense (2 a 2), Internacional, Corinthians e Atlético-PR (derrotas por 1 a 0) o Santos levou gol depois dos 35 minutos do segundo tempo. Outro detalhe que está incomodando os santistas: todos esses gols foram marcados em jogadas de bola aérea – apenas contra o rival paulista não foi de cabeça, mas após uma falta com bola rebatida na área.

O Peixe já identificou o problema e tem tentado corrigi-lo para que possa continuar brigando na parte de cima da tabela do Brasileirão. Se não tivesse sofrido esses quatro gols, por exemplo, o Alvinegro teria mais cinco pontos e poderia estar em terceiro, empatado com o Grêmio, com 18.

O técnico Dorival Júnior tem trabalhado para tentar evitar esses gols. Ele disse, depois da derrota por 1 a 0 para o Atlético-PR, que os lances de bola aérea também têm "tirado o sono" do Santos. O segredo, para o volante Renato, um dos mais experientes jogadores do elenco, é manter a concentração até o fim.

– Temos de manter uma concentração maior. O desgaste físico no fim da partida acaba tirando um pouco dessa concentração. Estamos falando bastante que tem de ter essa concentração, principalmente nos 10 minutos finais, quando estamos sofrendo gols. As equipes jogando em casa partem para cima tentando tudo. Claro que o cansaço existe, mas temos de procurar não deixar o adversário fazer tenta pressão – disse o atleta de 36 anos, que encara o Fluminense, em Cariacica, às 21h45 (de Brasília).

Próximo adversário: Fluminense
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Local: estádio Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo

Escalação provável: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Yuri (Luiz Felipe) e Zeca; Renato, Thiago Maia, Lucas Lima e Vitor Bueno; Gabriel e Rodrigão

Desfalques: Paulinho (virose), David Braz (desconforto muscular), Ricardo Oliveira (inflamação no joelho direito), Vladimir (estiramento na panturrilha direita) e Lucas Veríssimo (edema no posterior da coxa esquerda)

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques (PR) apita, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Globoesporte.com

Nenhum comentário: