No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Dorival cobra mais reforços e vê Santos sem dinheiro para lidar com perdas


O técnico Dorival Júnior voltou a cobrar reforços para o Santos após a derrota no clássico contra o Corinthians por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Arena Corinthians, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador, inclusive, ressaltou que os atletas contratados para suprir as perdas de jogadores, como Ricardo Oliveira, lesionado, e Gabigol e Lucas Lima, na seleção, não estão disponíveis.

Isso porque Jonathan Copete, Emiliano Vecchio e Fabián Noguera precisam aguardar a abertura da janela de transferências do futebol internacional, e Rodrigão, do Campinense, só se apresentou ao clube paulista na última segunda-feira.


"Espero mais peças para que tenhamos reposição. Não conseguimos estrear nenhuma das contratações feitas. Que esses jogadores mais integrados possam dar mais segurança à equipe, alcançando melhores resultados", afirmou Dorival.

O treinador foi mais longe ainda na cobrança por reforços e lembrou que, até o início do Campeonato Brasileiro, o Santos só havia investido R$ 2 milhões para contratar jogadores. Dorival se refere a contratação de Rodrigão, que foi contratado há quase dois meses, mas só chegou nesta semana.

"Não existe planejamento sem condições de investimento. Nosso nível de investimento esse ano foi até o início do Brasileiro de R$ 2 milhões, não investimos mais que isso. Como planejar sem ter que investir? Contratamos o Vecchio, que deve estar chegando e que só virá em 20 dias, teremos mais o Copete, que foi investimento, no momento que o clube tinha possibilidade. Então planejar sem dinheiro vai por terra qualquer planejamento. Queríamos vários jogadores, inclusive o Marquinhos (Gabriel) que era do ano passado, que priorizei e pedi mais que ninguém e não conseguimos. Como vai planejar dessa maneira sem que possa ter verba para poder disponibilizar", disse.

Dorival deve receber nesta semana o volante Yuri, do Audax. O atleta já acertou salários com o Santos e assinará um contrato de empréstimo até o fim de 2017. Para isso, o volante teve renovar contrato com o clube de Osasco até o fim de 2019.

O zagueiro Alex, do Milan, da Itália, se ofereceu para voltar ao Santos, mas o alto salário travou o negócio. O clube paulista ainda negocia a contratação de mais um atleta do Atlético Nacional, da Colômbia. Trata-se do meia venezuelano, Alejandro Guerra. 

Uol

Um comentário:

Higor Ferreira disse...

Muito complicado ver o Santos sem investir em reforços!! Tá certo que vão dizer "sem dinheiro não tem como"... Mais sem reforços que trazem os olhos da mídia pra nós, também acho que fica mais complicado ainda!! A política do bom e barato pode e deu certo nos campeonatos paulistas, mais Brasileirão...espero estar enganado mais estamos e vamos sofrer demais!!! Libertadores 2017 é obrigação!!