No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Destemido e barato, Rodrigão conquista Santos e supera expectativa


Atacante custou R$ 1,5 milhão aos cofres do Peixe (valor considerado baixo para um atacante), estreou com gol e boa atuação e afirma não ter sentido a pressão

O Santos não imaginava que Rodrigão se sentiria em casa tão cedo na Vila Belmiro quando contratou o atacante. De fato, é correto dizer que o destemido garoto de apenas 22 anos começou sua trajetória no Peixe surpreendendo as expectativas do próprio clube. Depois de se recuperar de uma lesão, o reforço, que custou R$ 1,5 milhão ao Alvinegro (valor considerado baixo para um atacante), estreou com gol e boa atuação contra o Fluminense.

Na vitória por 4 a 2, no estádio Kléber Andrade, pelo Campeonato Brasileiro, Rodrigão marcou um, deu assistência e participou de outro – antes de ser substituído com cãibras. Mais do que isso: parecia se sentir em casa. O centroavante procurou a bola, deu opção para os companheiros e não se escondeu do jogo. 

O perfil em campo diz muito sobre quem mostra ser Rodrigão fora dele. É um cara tranquilo, mas completamente determinado e focado naquilo que deseja. Ele, por exemplo, diz não ter sentido a pressão de estrear pelo Santos. Mas como pode um jovem de 22 anos, que saiu do modesto Campinense, da Paraíba, não tremer ao mudar completamente de realidade?

– Tem aquela emoção de vestir a camisa do Santos, mas foi tudo tranquilo. Não tremeu nada – garante o jogador, que não sabe muito bem como explicar o motivo de toda a tranquilidade, comprovada dentro de campo.

Rodrigão também já é bastante querido pelo elenco comandado pelo técnico Dorival Júnior. Antes de estrear, em um de seus primeiros treinos, o atacante sofreu uma torção no tornozelo direito. Por causa da contusão, ele teve de ficar no departamento médico e adiar sua primeira partida pelo novo clube. Foi quase um mês de recuperação.

O estilo tranquilo, “na dele”, de Rodrigão e seu empenho no tratamento conquistaram os santistas. O reforço, por exemplo, concentrou com o companheiro de ataque Gabriel antes de estrear diante do Fluminense. Depois de um gol do camisa 10, ambos dançaram um “arrocha” em campo.

Provável titular no clássico contra o São Paulo, domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, Rodrigão ainda tem tempo para mostrar tudo o que sabe no Santos. O contrato do atacante vai até o fim de 2019. 

Próximo adversário: São Paulo
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Local: Pacaembu, em São Paulo
Escalação provável: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Zeca; Renato, Thiago Maia, Lucas Lima (Léo Cittadini) e Vitor Bueno; Gabriel e Rodrigão
Desfalques: Paulinho (virose), David Braz (desconforto muscular), Ricardo Oliveira (inflamação no joelho direito), Vladimir (estiramento na panturrilha direita) e Lucas Veríssimo (edema no posterior da coxa esquerda)
GloboEsporte.com

Nenhum comentário: