No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 29 de maio de 2016

Inter vence e derruba invencibilidade de onze meses do Santos na Vila


O Santos voltou a sentir falta de seus principais jogadores neste domingo. Desfalcado por Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira, a equipe comandada por Dorival Júnior foi dominada pelo Internacional e deixou o gramado da Vila Belmiro com uma derrota por 1 a 0. O autor do gol colorado foi o atacante Aylon, que entrou no segundo tempo. 

Com o revés, o time paulista perde sua invencibilidade de 29 partidas na Vila Belmiro. O último resultado negativo havia sido a derrota por 3 a 1 para o Grêmio, em julho do ano passado, pelo Campeonato Brasleiro. 

Superior durante os 90 minutos, o time gaúcho adiantou a marcação, teve mais volume de jogo e levou muito perigo ao goleiro Vanderlei. 

Na quarta-feira, às 21h, o Santos faz o clássico alvinegro com o Corinthians em Itaquera. Também na quarta, às 19h30, o Inter recebe o Atlético-PR no Beira-Rio. 
Apático, Rafael Longuine decepciona novamente

Apontado como um dos possíveis substitutos de Lucas Lima caso o camisa 20 acerte sua saída após a Copa América, Rafael Longuine continua devendo com a camisa do Santos. Pouco produtivo, ele fez o torcedor santista ter saudades de Lucas Lima, que se prepara para disputar a Copa América com a seleção brasileira.

Longuine não se entendeu com Vitor Bueno na armação das jogadas e não criou nenhuma chance para a equipe da casa.

Aos 31 minutos da etapa inicial, ele arrancou em direção ao gol, demorou para chutar, perdeu a bola e irritou a torcida.


Sem render o esperado, Longuine foi substituído no intervalo e deu lugar a Ronaldo Mendes.

Domínio colorado na Vila Belmiro

O Santos teve muitas dificuldades na distribuição de jogo no primeiro tempo. David Braz insistia na ligação direta e abusou dos erros de passes. Foram três só nos 15 minutos iniciais. Percebendo os problemas alvinegros na saída de bola, Argel adiantou a marcação do Inter e fez com que seu time conseguisse mais volume de jogo.

Encurralado em seu campo de defesa no primeiro tempo, o Santos não conseguia fazer a transição para o ataque e só não foi para o intervalo em desvantagem no placar porque Vanderlei, aos 40 minutos, estava atento e defendeu um chute forte de Gustavo Ferrareis.

Enquanto o adversário tinha dificuldades para se organizar, o Inter conseguiu maior posse de bola nos primeiros 45 minutos (53%), controlou as ações e levou mais perigo.

O intervalo não mudou a postura do Santos, que continuou sendo pressonado. Andrigo e Gustavo Ferrareis fizeram a festa em cima da defesa alvinegra. 
Insegurança de zagueiro novato do Santos

Luiz Felipe, contratado junto ao Paraná em fevereiro, vestiu a camisa alvinegra pela sexta vez na temporada. Ele venceu a disputa com Lucas Veríssimo, que substituiu o lesionado David Braz na primeira fase do Campeonato Paulista, por uma vaga na defesa santista. Na última quarta-feira, o titular Gustavo Henrique foi expulso na partida contra o Figueirense por uma falta violenta.

O domínio gaúcho na primeira etapa obrigou Luiz Felipe a trabalhar bastante. Ele mostrou segurança no jogo aéreo e fez alguns desarmes. Quem deixou a desejar foi David Braz, que errou muitos passes. 

Na etapa final, Luiz Felipe falhou em um lance e quase deixou o caminho livre para o Inter abrir o placar. Aos 9 minutos, o zagueiro errou o tempo de bola e deixou Vitinho escapar pela esquerda. O atacante serviu Gustavo Ferrareis, que deu um carrinho e não colocou a bola para o fundo do gol por pouco. 

Perdido em meio às investidas do sistema ofensivo do Inter, Luiz Felipe recebeu um amarelo aos 19 minutos por segurar Vitinho. 

Thiago Maia vai de vilão a herói no mesmo lance

No início do segundo tempo, após se enrolar com a bola no meio-campo, o jovem volante santista permitiu que o Inter saísse no contra-ataque. Andrigo, da entrada da área, chutou no canto direito de Vanderlei. Quase em cima da linha, Thiago Maia impede o gol do time gaúcho. 


FICHA TÉCNICA 

SANTOS 0 x 1 INTERNACIONAL 
Local: Vila Belmiro, Santos (SP) 
Data/Hora: 29/5/2016 – Domingo, 18h30 
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO) 
Auxiliares: Fabricio Vilarinho de Souza e Christian Passos Sorence (GO)

Público: 4.468 pagantes
Cartões amarelos:William (Inter), Luiz Felipe (Santos)
Gol: Aylon (38'/2º T)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe e Zeca; Thiago Maia, Renato, Rafael Longuine (Ronaldo Mendes) e Vitor Bueno; Paulinho (Lucas Crispim) e Joel (Matheus Nolasco). Técnico: Dorival Júnior

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando, Artur; Fernando Bob, Fabinho, Andrigo (Alex), Gustavo Ferrareis (Anselmo); Eduardo Sasha e Vitinho (Aylon). Técnico: Argel Fucks

Uol

Nenhum comentário: