No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Temor de vexame faz Dorival rejeitar amistoso contra o Barça em janeiro



O técnico Dorival Júnior e todos os integrantes da comissão técnica do Santos não aprovaram a ideia da diretoria em convidar o Barcelona, da Espanha, para realizar um amistoso no dia 26 de janeiro de 2017, aniversário da cidade praiana. 

Na visão deles, o Barça estará voando no meio de sua temporada, enquanto o Santos estará iniciando os trabalhos para o calendário de 2017. O UOL Esporteapurou que eles citam até a possibilidade de um vexame na Vila Belmiro. 

Além disso, os profissionais do clube paulista alegam que em janeiro de 2017, a equipe santista pode já ter perdido para o futebol europeu e da China seus principais jogadores – casos de Lucas Lima, Ricardo Oliveira, Gabigol e até Thiago Maia, os dois últimos devem disputar os Jogos Olímpicos no Brasil neste ano.

"Ainda não cheguei a pensar, porque, falar em cima de hipótese eu sou muito sincero. E eu acho que você jogar com uma equipe em meio de temporada e o Santos iniciando uma temporada, principalmente uma equipe tão qualificada quanto é o Barcelona, pode ter certeza que não vai ser um bom sinal, não", afirmou Dorival.


Para amenizar os riscos, a diretoria santista aposta na Vila Belmiro e já avisou o clube catalão que o amistoso, ainda referente a polêmica transferência de Neymar ao Barça em 2013, ocorrerá em seu alçapão.

O clube paulista está confiante que seu "alçapão" pode fazer a diferença contra Messi, Neymar, Suarez e companhia, e ajudar a equipe santista a vingar os 12 a 0 agregados nos dois últimos encontros (4 a 0 no Mundial de Clubes da Fifa, em 2011, e 8 a 0 em amistoso no Camp Nou, em 2013).

E o time alvinegro foi buscar na história uma motivação extra para acreditar que vale a pena mandar a partida em sua casa. Atuando na Vila Belmiro, até o Real Madrid, principal rival do clube catalão e que venceu o clássico espanhol no último final de semana, já foi derrotado pelo Santos.

Segundo o departamento de memória e estatística do clube paulista, o Real Madrid perdeu por 2 a 0 para o Santos, no dia 20 de junho de 1996. A partida marcou a despedida do meia Giovanni, que havia sido negociado com o Barcelona. Os gols da equipe santista foram marcados por Camanducaia e Jamelli. 

Uol

Nenhum comentário: