No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 19 de abril de 2016

Lucas Lima ressalta opção de seguir no Santos: "Fiz a escolha certa"


Desde 2014 no Peixe, meia revela que propostas da Europa o balançaram, porém decidiu permanecer no país pela busca de uma vaga na seleção brasileiraUm dos únicos jogadores a atuarem no futebol nacional que representam a seleção brasileira, Lucas Lima afirmou no Bem, Amigos! desta segunda-feira que quase deixou o país na última janelas de transferência para jogar na Europa. Apesar de ficar balançado por uma proposta do Porto, de Portugal, o meia do Santos decidiu permanecer no Brasil por causa do selecionado de Dunga.

- Fiz essa opção (de permanecer no Brasil). Foi uma opção particularmente minha e da minha família. Aconteceram até algumas brigas aí, mas a opção foi particularmente minha e dos meus pais, junto comigo. Falamos: "Vamos permanecer, vamos tentar primeiro chegar na seleção brasileira, e depois a gente pensa em estar saindo". Vivi um momento muito bom no Santos, então tinha uma insegurança de sair para a Europa e lá as coisas não acontecerem tão rápido - disse Lucas Lima.

As brigas, sobre as quais o meia fala, são sobre as disputas entre a Doyen, empresa que possui grande parte de seus direitos econômicos, e o Santos. A Doyen queria vender o atleta, já que, se até 2017 o jogador não for transferido, não lucrará com uma futura negociação do jogador. 

- Tem uma empresa envolvida, a Doyen. Para a Doyen seria interessante eu estar saindo no momento. Eles que trouxeram essa proposta para mim, junto com meu empresário na época. Claro, a decisão final é do jogador, e não vou deixar ninguém nunca tomar a decisão por mim, nem pela minha família. Foi o que pesou. Sentou eu e meu pai um dia e (dissemos) "não vamos sair, não", vamos esperar mais. Vi que fiz a escolha certa.

Com 26 anos, Lucas Lima reitera o desejo de jogar na Europa. O meia é um dos destaques do Santos desde 2014, quando chegou ao clube. Desde então, tem sido observado por clubes europeus. 

- Uma hora ou outra tenho o desejo de jogar na Europa, como todo mundo tem. Às vezes as pessoas veem de outro lado, por eu estar falando isso, estar declarando, não tem gratidão ao Santos... É totalmente ao contrário, sei que estou onde estou, porque cheguei a Seleção graças ao Santos. Eu tenho esse desafio, esse desejo de estar jogando na Europa. No momento certo, vou estar saindo - concluiu.
SporTV

Nenhum comentário: