No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Lucas Lima dá o troco em Matheus Sales e lidera Santos até a final; análise


Meio-campista tem espaço de sobra para jogar e levar o Peixe para a decisão do Campeonato Paulista. Verdão joga mal e só cresce após mudanças no 2º tempo

Lucas Lima deixou as redes sociais de lado para responder em campo as brincadeiras da torcida do Palmeiras. Vítima de inúmeras piadas por ter sucumbido à marcação de Matheus Sales na final da Copa do Brasil, o craque santista desta vez teve muita liberdade para ajudar o Santos a chegar à oitava decisão seguida do Paulistão. Perdeu um pênalti, é bem verdade, mas Vanderlei salvou o Peixe no fim.

Lucas Lima levou a melhor sobre Matheus Sales (Foto: Marcos Ribolli)

O Palmeiras nem de longe conseguiu repetir a marcação que fez sobre o Santos no fim do ano passado. Cuca colocou Róger Guedes e Gabriel Jesus abertos pelos lados para travar as descidas dos laterais Victor Ferraz e Zeca, mas abriu um buraco enorme no meio. Matheus Sales e Gabriel não conseguiram encaixar a marcação, e Robinho pouco criou. Sobrou espaço para Lucas Lima transitar pelo setor e distribuir o jogo alvinegro.


O Santos poderia ter ficado em vantagem logo aos 19 minutos se o árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza tivesse marcado um pênalti de Vitor Hugo em Gustavo Henrique.


O gol demorou a sair. Aos 39, Lucas Lima arrancou livre depois de driblar Gabriel no meio e encontrou Gabriel com um lindo passe. O atacante passou por dois marcadores e tocou rasteiro, bonito, no canto direito de Fernando Prass.

Cuca lançou o Palmeiras ao ataque no segundo tempo, mas sem conseguir assustar. Robinho chegou a reclamar com o banco de reservas da ausência de Alecsandro na área para aproveitar os cruzamentos pelo alto. E com razão. O centroavante tinha liberdade para se movimentar e atrair a marcação de um dos zagueiros. O problema é que ninguém soube aproveitar os espaços para infiltrar.

O Palmeiras cresceu quando Cleiton Xavier e Rafael Marques entraram nas vagas de Robinho e Alecsandro, aos 14 minutos. O time passou a ficar mais com a bola. Logo depois, Gabriel Jesus perdeu uma oportunidade incrível para empatar ao desarmar David Braz. O atacante disparou até a área e chutou torto, à esquerda de Vanderlei. 

Dorival também mexeu para fazer o Santos reagir: trocou Vitor Bueno por Paulinho para dar mais velocidade aos contra-ataques. Dois minutos depois, aos 28, o Peixe chegou ao segundo gol. Zeca fez boa jogada pela esquerda, deixou Gabriel no chão e cruzou. Gabriel apareceu livre na área para finalizar e vencer Fernando Prass. 

Palmeiras foi para cima do Santos nos minutos finais e conseguiu o empate

O jogo parecia decidido pela festa da torcida santista nas arquibancadas da Vila Belmiro. Dentro de campo, o time também parecia convicto de que já estava na decisão. Mas o Palmeiras não desistiu. Cuca apostou tudo na entrada de Lucas Barrios para dar mais força física o ataque. Cleiton chamou o jogo, e o time se concentrou pela esquerda. 

Funcionou tão bem que, em dois minutos (42 e 43), Rafael Marques buscou o empate para silenciar o estádio. Por sorte do Santos, Vanderlei brilhou nos pênaltis e garantiu a classificação. Fernando Prass, herói alviverde na decisão da Copa do Brasil, acompanhou Lucas Barrios e Rafael Marques e também desperdiçou sua cobrança.

O vacilo nos minutos finais serve de lição para o Santos disputar a final contra o Audax, que venceu os outros três grandes no Paulistão e joga o melhor futebol do torneio. Fora do estadual e da Libertadores, o Palmeiras tem um semestre perdido e agora passa a pensar só no Brasileirão.Cuca promete o título.
Globoesporte.com

Um comentário:

Lucas Brandão disse...

Eu acho que foi um belo jogo de futebol, o Santos jogou muito bem, aqueles porcos do Palmeiras não mereciam ganhar aquele jogo, o jogo já era do Santos, o Lucas Lima distribuiu o jogo muito bem,agora é só ganhar do Audax!!