No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Dorival reclama de 'reservão' e diz que Santos corre risco contra o Audax


O técnico Dorival Júnior não ficou satisfeito com a atuação do 'reservão' do Santos na vitória contra o Santos do Amapá por 3 a 0, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, em jogo válido pela primeira fase da Copa do Brasil. O treinador criticou, principalmente, a atuação dos reservas na primeira etapa.

O Santos terminou os 45 minutos vencendo por 1 a 0, mas o gol saiu apenas aos 46 minutos, depois de o time da casa ver o xará do Amapá quase abrir o placar em duas oportunidades.

"Não é fácil. Cria uma ansiedade muito grande. Deu para sentir tanto na primeira partida quanto na segunda. O primeiro tempo foi muito abaixo. Troca de passes. Tivemos muita movimentação e em momentos que ainda não estavam preparados para que acontecessem. Estávamos atropelando a própria situação de podermos criar alguma coisa. No segundo tempo nos encaixamos mais. Quando o Ronaldo (Mendes) apareceu para trabalhar a bola, se movimentar, começamos a criar algumas opções. Acredito que tenhamos melhorado muito no segundo tempo, mas não foi aquilo que esperávamos que acontecesse. Foi um jogo que tivemos um certo risco na primeira etapa de forma desnecessária", afirmou Dorival.

O treinador aproveitou a dificuldade contra o modesto time do Macapá para alertar a sua equipe principal a respeitar o Audax. Para Dorival, o Santos precisará jogar no limite para não correr riscos na decisão do Campeonato Paulista.

"Criarmos alguma dúvida em relação ao Audax acho que é corrermos um risco muito grande. Primeiro que o Audax tem um trabalho e um conceito de jogo aprimorado a todo momento. Uma equipe que tirou os adversários que tirou não foi por acaso. É uma equipe que chega em uma final de Paulista e eu sei o que é chegar a uma final de competição com uma equipe de menor expressão contra equipe da capital. Aconteceu com o São Caetano em 2007 contra o Santos. Pode ter certeza que estaremos muito vacinados e corremos um sério risco se não fizermos um jogo no nosso limite", disse.

Com a vitória, a equipe santista enfrenta o Galvez, do Acre, na segunda fase da Copa do Brasil. Antes disso, o Santos inicia os duelos da final do Campeonato Paulista. No próximo jogo, o alvinegro praiano encara o Audax, em Osasco. 

Uol

Nenhum comentário: