No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 27 de março de 2016

Santos sai na frente, não mata o jogo e deixa o São Paulo renascer para empatar

Joel abre o placar na Vila Belmiro, mas Peixe não consegue aproveitar as falhas defensivas do Tricolor, que em chance rara iguala com Kardec

O JOGO

Tudo igual na Vila Belmiro. Num clássico esvaziado pelos desfalques dos dois lados, os atacantes reservas asseguraram o empate por 1 a 1 entre Santos e São Paulo, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista. Joel abriu o placar para os donos da casa, aos 13 minutos do segundo tempo, e Alan Kardec igualou, aos 37 da etapa final.


90 MINUTOS

Do lado do Santos, as ausências de Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Gabriel, na seleção brasileira, e de Thiago Maia e Zeca, na olímpica, pesaram. Assim como do lado do Tricolor, o desfalque de Ganso, suspenso, Michel Bastos, em recuperação física, e Mena, na seleção chilena, diminuíram as forças de um já limitado time.

No primeiro tempo, poucas chances para os dois lados. O Santos, com um estilo de jogo bem treinado, de velocidade e força ofensiva, teve as melhores chances. O São Paulo, pra variar, demorou a se encontrar. As emoções ficaram mesmo para o segundo tempo. Joel, em lance de oportunismo, abriu o placar.

Em vantagem, o Peixe teve algumas chances de ampliar, principalmente em falhas defensivas do rival. Mas como o que vale é bola na rede, o São Paulo conseguiu evitar a derrota com gol de cabeça de Alan Kardec, após escanteio cobrado pelo garoto Lucas Fernandes. Os dois começaram o clássico no banco de reservas.



QUEM DÁ A BOLA É O SANTOS...

O empate foi ruim para o Santos? Nem tanto... Se a vitória não foi consumada, ao menos o tabu está mantido. A equipe não perde na Vila Belmiro desde julho do ano passado, quando foi derrotada pelo Grêmio. Não cai para o São Paulo desde 2009. E não perde um clássico desde 2014, quando tropeçou no Corinthians, pelo Brasileirão.


TABU NEGATIVO

O São Paulo segue sem vencer clássicos. A última vez foi no dia 3 de junho de 2015, quando bateu justamente o Santos, por 3 a 2, no Morumbi, pelo primeiro turno do Brasileirão. Desde então foram nove duelos regionais, com sete derrotas e três empates. Este ano, já perdeu para Corinthians e Palmeiras. Kardec lamenta.


TABELA E AGENDA

Com esse empate, o Santos caiu para o segundo lugar do Grupo A, com 23 pontos – o São Bento, com melhor saldo de gols (10 a 8), aparece em primeiro. Também por conta do saldo de gols (3 a 2), o São Paulo lidera o Grupo C à frente do segundo colocado Audax. Na próxima rodada, o Peixe recebe a Ferroviária, na Vila Belmiro, às 21h30 de quinta-feira. E o Tricolor, na quarta-feira, às 19h30, visita o Linense, em Lins.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: