No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 31 de março de 2016

Santos faz pior campanha no Paulista desde 2009 e busca se manter em finais



Desde que iniciou a série de sete finais consecutivas no Campeonato Paulista, o Santos realiza a pior campanha na primeira fase da competição até o momento. Apenas em 2009, coincidentemente o primeiro ano dessas finais, o clube iguala a pontuação.

O Santos de Dorival Júnior tem 23 pontos, com seis vitórias, cinco empates e uma derrota. Em 2009, no entanto, o time do então técnico Vágner Mancini tinha uma vitória a mais na 12ª rodada do Paulistão. 

A melhor campanha neste período ocorreu no ano passado. A equipe santista já somava 30 pontos ganhos nos 12 primeiros jogos, com nove vitórias e nenhuma derrota.

Até então o melhor retrospecto neste período era sob o comando de Oswaldo de Oliveira em 2014, quando a equipe santista somava 29 pontos. No entanto, o time daquele ano terminaria a campanha com o "vexame" de perder a final para o modesto Ituano.

Nesta temporada, o técnico Dorival Júnior reconhece que ainda não acertou o time para manter a sequência de finais da competição estadual.

Dorival não consegue definir o substituto para a posição que pertencia a Marquinhos Gabriel e depois Geuvânio, que deixaram o clube no início desta temporada. Paulinho, Patíto Rodríguez, Serginho e Vitor Bueno já foram titulares no setor, mas nenhum deles "encheu os olhos" do treinador.

"Eu acho que é um grupo que está crescendo, ainda tem espaço para crescer, mas ainda precisamos de alguns elementos (reforços) que venham para reforçar esse grupo. Estou muito satisfeito com o que estou vendo. Não atingimos nosso melhor dentro do campeonato, mas são garotos que mostram crescimento dentro do campeonato, vem buscando uma consolidação. Vários desses jogadores num nível superior, alguns outros que começam a entrar de uma maneira mais direta na equipe. Precisamos ainda de alguns elementos, a diretoria está trabalhando, não vamos abrir mão", afirmou Dorival.

Com 23 pontos, os santistas consideram quase impossível alcançar o Corinthians para terminar a primeira fase na liderança geral do Paulista. O foco, agora, de Dorival e companhia, é brigar pela primeira colocação do Grupo A, com o São Bento, para jogar em "casa" na próxima fase.

"Estaremos brigando até a última rodada com o São Bento para brigar pela liderança. O Corinthians já se distanciou porque faz uma boa campanha. Está ficando um pouco difícil de alcançarmos, mas vamos lutar até o último instante pela liderança do nosso grupo", disse o treinador.

Ricardo Oliveira será poupado

Para o duelo contra a Ferroviária, Dorival Júnior poupou Ricardo Oliveira, titular no empate da seleção brasileira contra o Paraguai na última terça-feira, em Assunção. Lucas Lima, que entrou no segundo tempo do mesmo jogo, foi relacionado. Gabriel Barbosa, que foi chamado às pressas para o lugar de Neymar, suspenso, também está confirmado.

Para a vaga de Renato, que passou por uma cirurgia no nariz e desfalca o time por até duas semanas, Dorival Júnior deve escalar o jovem Léo Cittadini. O "marcador" Alison corre por fora na briga pela posição.

O treinador ainda contará com os retornos de Thiago Maia e Zeca, que desfalcaram o Santos no clássico contra o São Paulo, pois defendiam a seleção brasileira olímpica nos amistosos contra Nigéria e África do Sul. 


Confira campanhas do Santos nas 12 primeiras rodada do Paulista:
2016: 6V, 5E e 1D: 23 pontos
2015: 9V, 3E: 30 pontos
2014: 9V, 2E e 1D: 29 pontos
2013: 7V, 3E e 2D: 24 pontos
2012: 8V, 3E e 1D: 27 pontos
2011: 7V, 4E e 1D: 25 pontos
2010: 10V, 1E e 1D: 31 pontos
2009: 7V, 2E e 3D: 23 pontos

Ficha Técnica - Santos x Ferroviária

Data e horário: 31 de março de 2016, às 21h30 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos
Árbitro: Luiz Vanderlei Martinucho
Assistentes: Eduardo Vequi Marciano e Osvaldo Apipe de Medeiros Filho

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Zeca; Alison, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno (Serginho); Gabriel e Joel.
Técnico: Dorival Júnior.

Ferroviária: Rodolfo; Luiz Gustavo, Wanderson, Marcão e Luiz Paulo (Thallyson); Rossetto, Rafael Miranda (Juninho) e Danielzinho (Tiago Marques); João Paulo, Wescley e Samuel.
Técnico: Sérgio Vieira
Uol

Nenhum comentário: