No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 17 de março de 2016

Santos busca 'curingas' como reforços ideais e mira atacante do Red Bull



A diretoria do Santos já começa a se mover nos bastidores para reforçar a equipe para a disputa do Campeonato Brasileiro, que se inicia em maio. O técnico Dorival Júnior pede, principalmente, pela chegada de jogadores "curingas", termo utilizado no futebol para atletas que atuam em diversas posições em campo. 

Um dos alvos é o atacante Thiago Galhardo, do Red Bull Brasil. O jogador de 26 anos se destacou na vitória por 2 a 0 da equipe de Campinas contra o próprio Santos, em 28 de fevereiro, e é considerado uma opção pelo fato de atuar tanto no meio de campo, como no ataque.

Galhardo, no entanto, só está emprestado ao Red Bull e tem contrato com o Coritiba até junho de 2018.

No ano, o Santos acertou com os atacantes Paulinho, Joel e Maxi Rolón, além do zagueiro Luiz Felipe, único investimento, mas nenhum deles atua em mais de uma posição.

Joel, por exemplo, é visto por Dorival apenas como centroavante e substituto imediato de Ricardo Oliveira, apesar do pedido de parte da torcida por uma oportunidade para que jogue em outra função no ataque.

No último ano, entre as 12 contratações, o principal orgulho interno era de que as mais aproveitadas se tratavam de nomes versáteis e que chegaram sem custos como Marquinhos Gabriel, que terminou a temporada como titular, e Chiquinho, que atuou durante grande parte do ano. Ambos foram utilizados em diversas funções.

Ainda há outros como o meia Rafael Longuine e Marquinhos, que vieram do Osasco Audax, mas jogaram menos.

"Sempre que tem a possibilidade de um grande jogador, se tiver possibilidade, vamos conversar. Principalmente com jogadores que executem mais de uma função. É importante. O Santos está caminhando, não pode ter cobrança ou obsessão, precisa se preparar primeiro. Não adianta só conquistar um campeonato. Lógico que todos nós queremos competir, conquistar, mas acho que o caminho correto é se preparar para não ficar apenas em uma disputa. Equipe vencedora é a que está sempre em finais", explicou o treinador.

Dorival sempre utilizou jogadores que exercem mais de uma função. Em sua primeira passagem pela Vila Belmiro, pediu as contratações de Alex Sandro e Danilo, que atuaram tanto como laterais, como no meio de campo. No ano seguinte, a dupla foi vendida para o Porto, de Portugal.

Antes, bancou a utilização de Wesley, que retornava de empréstimo do Atlético-PR. O hoje são-paulino foi o principal curinga da era vitoriosa de 2010, atuando como lateral direito e em variadas funções no meio de campo.

No início de sua segunda passagem pelo clube, mesmo com dois dias para trabalhos antes da estreia, adaptou o zagueiro Paulo Ricardo como volante e escalou Zeca na lateral esquerda. O segundo já chegou à seleção brasileira sub-23 e é um dos principais destaques do Santos.

Uol Esporte

Nenhum comentário: