No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 31 de março de 2016

Com Lucas Lima na etapa final, Santos vira sobre a Ferroviária e se classifica



Poupado no primeiro tempo, meia da Seleção vê time de Araraquara começar melhor e abrir o placar, mas ajuda Peixe a virar e manter invencibilidade na Vila. Paulinho (duas vezes), Gabriel (de pênalti) e Zeca fizeram os gols

RESUMÃO

ELE FAZ A DIFERENÇA

O Santos dormiu no primeiro tempo, foi para o intervalo perdendo da Ferroviária, mas acordou no segundo, virou e venceu até com certa tranquilidade, por 4 a 1 (criando chances para fazer muito mais). O motivo da reviravolta? Lucas Lima.


PONTO DE DESEQUILÍBRIO

Depois de participar de dois jogos das Eliminatórias com a seleção brasileira, Lucas Lima foi poupado por Dorival Júnior no primeiro tempo. No banco, o meia viu um Santos perdido sem suas principais referências - Renato, machucado, e Ricardo Oliveira, poupado, não jogaram. Acéfalo, o Santos foi envolvido pela Ferroviária, que abriu o placar com Tiago Marques. Com Lucas Lima, porém, o Santos voltou a ser Santos, se impôs e foi criando chance atrás de chance. 

Fez quatro gols e poderia ter feito mais. Zeca, em jogada individual, fez o gol do empate. Paulinho (foto), muito mal no primeiro tempo, marcou outros dois, aproveitando passes de Gabriel e Joel. E Gabriel, de pênalti (sofrido por ele mesmo), fechou o placar.


VAGA GARANTIDA

Com a vitória, o Santos garantiu classificação para a fase de mata-mata com duas rodadas de antecedência. O time chegou a 26 pontos, na liderança do Grupo A. Já a Ferroviária, que ultrapassaria o São Paulo no Grupo C se vencesse, estacionou nos 16 pontos, três a menos do que o Tricolor. Restam duas rodadas.

SEM SAIR DO TRILHO

O Santos segue invicto na Vila Belmiro em 2016. A última derrota foi em julho do ano passado. Já são 23 jogos de invencibilidade no Alçapão.


DESABAFO

Convocado para a seleção brasileira olímpica, Zeca fez seu primeiro gol pelo Santos na noite desta quinta-feira. O que era para ser uma grande felicidade virou um desabafo. Visivelmente irritado, Zeca, na comemoração do gol, cruzou o gramado até o setor onde ficam os sócios do Santos e fez sinal pedindo silêncio. Imediatamente, colegas de time o abraçaram. Mais calmo, o lateral chegou a se desculpar pelo gesto logo na sequência. "Teve uns torcedores que pegaram no meu pé, não foi minha intenção mandar eles calar a boca (sic), minha intenção foi fazer eles incentivarem mais", disse Zeca.


AGENDA

Os dois times voltam a jogar no domingo, às 18h30. O Santos encara o Capivariano, em Capivari. Já a Ferroviária recebe o Botafogo de Ribeirão Preto.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: