No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Lucas Lima planeja deixar o Santos em julho para viver o sonho europeu



O casamento entre Santos e Lucas Lima tem data para terminar. Pelo menos este é o desejo do meia, principal destaque da equipe de Vila Belmiro no ano passado. Depois de rejeitar a China na janela deste início de 2016, o jogador planeja realizar um sonho antigo em julho deste ano, data na qual abrirá o mercado de transferências para o mercado mais atrativo do futebol mundial: a Europa.

Durante a gravação do programa Bola da Vez, que irá ao ar nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), e em conversa exclusiva com o ESPN.com.br, Lucas Lima confessou a iminência do fim da trajetória com a camisa do Santos. Apesar de possuir contrato até o fim de 2017, o camisa 20 agenda a saída já para este ano.

"Ah, difícil falar que vai ser o meu último ano no Santos, porque tenho contrato até 2017, mas sei que a janela do meio do ano é muito importante, principalmente para eu alcançar os meus objetivos, até para o próprio Santos", declarou o meia, que estipulou quatro metas para a temporada.

"Quero ganhar o Paulista, voltar para a seleção, jogar a Copa América e, quem sabe, ir para um grande da Europa na janela do meio do ano", acrescentou o meia santista, alvo por duas vezes do Futebol Clube do Porto.

"Tenho procurado deixar isso de lado, manter os pés no chão e concentrar nos meus jogos. Depois, quando chegar a hora certa de analisar, vou ver com naturalidade o que é melhor", finalizou, sobre a ideia de ir à Europa na janela de verão.

As propostas apresentadas pelo clube português não agradaram - tanto financeiramente como esportivamente. Lucas Lima crê ter ‘bola' para no meio do ano figurar entre os grandes nomes do futebol europeu. São clubes como Barcelona e Real Madrid que realmente despertam o interesse do meia.


Para cumprir o planejamento pessoal, Lucas Lima precisa manter o nível de atuações do ano passado para convencer um ‘gigante' do Velho Continente. Aos 25 anos, o meia atingiu algo inédito na carreira em 2015: ganhou destaque nacional e se tornou até titular da seleção brasileira.

A camisa amarela, ele sabe, é fundamental para em julho embarcar rumo ao sonho europeu. Além de confiar no seu potencial, Lucas Lima crê que uma decisão do principal concorrente atual à posição de meia, o ex-corintiano Renato Augusto, o coloca com um passo à frente na briga pela atenção de Dunga.

"Acho que na Europa e no Brasil o futebol é muito mais evoluído, nível maior de futebol, então acho que estou um passo na frente sim", disse, perguntado sobre como a decisão de Renato Augusto de ir para o futebol chinês pode favorecê-lo.

"É duro falar. Já houve casos de jogadores que foram para a China e convocados, então acho que seleção é muito momento. Tem tudo o que você já fez, e o Dunga mantém um critério. Então vou procurar fazer o melhor trabalho possível", encerrou o meia, o Bola da Vez desta semana.

ESPN

Nenhum comentário: