No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Confiante, Fernando Medeiros quer “estourar” no Peixe em 2016


Volante com boa saída de bola, menino da Vila está há nove anos no Santos e já conquistou seis títulos atuando pelos times de base

Mais um jovem revelado pelas categorias de base do Santos tem a chance de iniciar uma carreira profissional de sucesso. Empolgado e com a autoestima lá em cima, Fernando Medeiros sonha em se tornar um jogador decisivo e importante para o grupo de Dorival Júnior. Para isso, ele apostas nas qualidades que fizeram com que ele sempre ganhasse status de protagonista nas categorias inferiores.

“O Brasil está carente de volante canhoto que sai para o jogo. Eu já joguei de atacante. Sempre que saio, consigo fazer gol. Fui artilheiro jogando de volante e acho que isso conta muito”, enalteceu o jogador de apenas 19 anos, mas com a confiança do tamanho de seu sonho.

Há nove anos no Peixe, Fernando Medeiros é multicampeão base. Além da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2014, ele já conquistou os títulos dos campeonatos brasileiros sub-13 e sub-15, Copa Ouro e Copa do Brasil sub-17 e o Torneio Internacional de Durban pelo time sub-20.

“O essencial é o trabalho. Com isso, tudo se conquista. Estou trabalhando, tentando conquistar meu espaço. Respeito os companheiros, mas vou brigar pelo espaço”, avisou, determinado.

No pouco tempo em que treinou com o time profissional, Medeiros já notou uma diferença acentuada de como o jogo é jogado. “O ritmo, a pegada, posicionamento, tudo é diferente. Na base é mais correria. No profissional, mais cadenciado”, comentou.

Inspirado no espanhol Iniesta, do Barcelona, “pela qualidade que ele tem para sair com a bola”, o jovem volante santista espera ganhar a confiança de Dorival Júnior, técnico que resolveu apostar no jogador e acabou com um sentimento de frustração do próprio atleta.

“Quando tive a felicidade de ser campeão da Copa (São Paulo Junior, em 2014), me apresentei (no profissional), mas estava machucado. Desci para lá (base) e não subi mais. Fiquei muito triste, porque os 11 subiram e só eu voltei. Fiquei muito chateado, mas dei a volta por cima. Tive oportunidade no sub-23 e no profissional fui chamado pelo Dorival. Agora estou muito feliz”, explicou.

E quando chegou seu momento de estrear, apesar de toda a confiança, Fernando Medeiros não conseguiu segurar a insegurança inicial. E olha que foram apenas alguns minutos da goleada do Peixe em cima do Atlético-PR por 5 a 1, na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, para pouco mais de três mil pessoas que estavam nas arquibancadas da Vila Belmiro.

“Na hora que me chamou, passou um filme na minha cabeça. Nove anos na base. Fiquei nervoso. Mas, depois do primeiro passe, tudo passou e fiquei mais tranquilo”, disse.

Em 2016, de novo com cabelo, já que estava careca devido ao trote sofrido em 2015 por ter subido da base, Fernando Medeiros espera agarrar as oportunidades que aparecerem. Com volantes mais experientes ao seu lado, a jovem promessa espera que sua audácia no campo seja seu diferencial no elenco santista.

“Quero que o torcedor me veja como um jogador que vai dar felicidade para eles, um jogador de decidir jogos, ser do grupo. Pelo trabalho que venho fazendo, devo ter oportunidades. É agarrar da melhor maneira possível”, finalizou.

FoxSports

Nenhum comentário: