No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Santista vai de coadjuvante a vilão e perde chance de se redimir em minutos


O atacante Nilson não deixará boas lembranças caso não renove seu contrato com o Santos no fim desta temporada. O atleta foi apenas um coadjuvante em toda a temporada ao amargar a reserva de Ricardo Oliveira, mas a final da Copa do Brasil o transformou em vilão.

O centroavante perdeu um gol incrível nos acréscimos do primeiro jogo na Vila Belmiro, vencido pelo Santos por 1 a 0. Nilson chutou errado de perna esquerda, já sem goleiro e marcação, e poderia ter ampliado a vantagem dos comandados do técnico Dorival Júnior para a decisiva final.

E, o pior, Nilson viu a chance de redenção escapar por minutos. Isso porque o técnico Dorival Júnior mandou o atacante aquecer para colocá-lo na vaga de Ricardo Oliveira, mas o treinador mudou de ideia após o volante Thiago Maia sentir uma lesão na coxa e pedir substituição.

Com isso, Dorival colocou Paulo Ricardo no lugar de Maia aos 35 minutos do segundo tempo e completou a terceira substituição do Santos na partida, que já havia trocado David Braz por Werley e Gabigol por Geuvânio – todas as alterações por conta de lesão.

De acordo com o Footstats, o chute bastante lamentado pela torcida santista foi somente o primeiro do camisa 39 na competição. Nilson sequer havia finalizado nas duas participações anteriores na competição – contra Sport e Figueirense.

Nilson tem constantemente a sua contratação contestada por parte significativa da torcida, que levanta questionamentos nas redes sociais sobre a sua qualidade técnica.

No dia em que foi apresentado no Santos, o jogador não poupou autoelogios dizendo "segurar bem a bola" e "fazer bem o pivô", além de ser "bom de cabeça, de perna direita e esquerda".

Até então, no entanto, Nilson tem números pouco animadores, com somente um gol marcado em 14 partidas no Campeonato Brasileiro, sendo algumas como titular, quando substituiu Ricardo Oliveira.

Nilson foi contratado após marcar apenas dois gols no Campeonato Paulista com a camisa do São Bento.

O atacante dificilmente permanecerá na Vila Belmiro para a próxima temporada, uma vez que está longe de ser unanimidade e tem contrato de empréstimo, junto ao Cianorte-PR, somente até dezembro.

O técnico Dorival Júnior deseja um nome para fazer sombra a Ricardo Oliveira, artilheiro do país na temporada. No meio do ano, o Santos quase trouxe o centroavante Kayke, ex-ABC, mas a negociação foi atravessada pelo Flamengo.

Uol Esporte

Nenhum comentário: