No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Ricardo Oliveira exalta superação santista, mas admite 'frustração'

Atacante diz que clube merecia encerrar o ano com uma vaga na Copa Libertadores

O atacante Ricardo Oliveira não escondeu que encerrará o ano com uma ponta de frustração pela temporada no Santos. Em entrevista à ESPN durante a premiação da Bola de Prata de 2015, nesta segunda-feira, o jogador de 35 anos exaltou a maneira como a equipe santista contrariou os prognósticos, mas lamentou a falta da classificação à Copa Libertadores:

"Foi um grande ano. Fica um gosto ruim de ter deixado escapar a vaga esperada por todos para a Libertadores. Só que temos de ressaltar que o ano foi bom da forma que se pintou no início de janeiro, falando que o Santos brigaria para não cair. Demos a volta por cima. Algumas vezes mostramos o melhor futebol do país, o mais bem jogado, algo que nos enche de orgulho". 

Em seguida, o atacante enumerou os feitos do Santos na temporada:

"Fechamos o ano com um título (o Campeonato Paulista), e um vice-campeonato da Copa do Brasil. Claro que ficou um gosto amargo por perder a final para o Palmeiras, mas todos no Santos estamos orgulhosos do que fizemos".

Ricardo Oliveira ainda apontou 2015 como o melhor ano de sua vida:

"O Campeonato Brasileiro é o torneio mais difícil que disputei na carreira, e terminar como artilheiro foi honra. É um ano para ficar marcado e ele foi o melhor da minha carreira. Minha melhor temporada tinha sido no Betis, quando marquei 34 gols. Neste ano, juntando os gols pela Seleção Brasileira, marquei 38. Foi o ano da minha vida".

A Tribuna

Nenhum comentário: