No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Modesto rebate pai de Neymar e diz que o Santos "também é bonzinho"


O presidente do Santos, Modesto Roma Jr., rebateu as declarações do pai de Neymar, que havia dito que não sabia qual direito o clube paulista estava indo atrás na polêmica venda do atacante para o Barcelona, em 2013.

"O Santos não abre mão dos seus direitos, em favor de ninguém. Mas o Santos cumpre as decisões e o que está contratado. O Santos não moveu nenhuma ação contra ninguém", afirmou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (11). "O Santos cumpre as decisões e o que está contratado. Se alguém diz que o Santos não cumpre os contratos, que prove", continuou.

Na entrevista para o Bate-Bola, da ESPN, o pai de Neymar afirmou que havia sido "bonzinho" com o Santos na época da venda para o Barcelona. Durante a coletiva, Modesto também rebateu a afirmação: "Posso dizer que o Santos é muito bonzinho. Por que só ele é bonzinho? O Santos também é bonzinho. O futuro vai ser dito pelo futuro. Cada um fala o que quer. A liberdade de expressão é um dos direitos fundamentais", completou.

Sobre a ação na Fifa para que Neymar não pudesse atuar pelo Barcelona enquanto as pendências não fossem resolvidas, Modesto afirmou que o Santos foi à entidade máxima do futebol em busca de uma arbitragem sobre o caso, "uma ação para ver quem tem direito do que".

O Santos pediu em outubro na Fifa a suspensão por seis meses de Neymar por supostas quebra de contrato em sua transferência para o Barcelona.

Na Fifa, o argumento santista é de que foram descumpridos o artigo 17 do Regulamento de Transferências de jogadores da Fifa, relacionados à quebra de contrato. Neste artigo, está prevista compensação financeira para o clube prejudicado e punições esportivas para o jogador. Uma pena de quatro meses está descrita para um atleta que quebrar o acordo, o que pode ser elevado para seis meses no caso de agravantes. É nisso que se baseia o Santos.

Nenhum comentário: