No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Árbitro que expulsou David Braz por engano é suspenso por 100 dias




Denunciado no STJD por ter expulsado de forma equivocada o zagueiro David Braz, no clássico entre Corinthians e Santos, disputado em Itaquera, o árbitro Flávio Rodrigues Guerra foi punido pela 5ª Comissão Disciplinar em julgamento realizado na última semana. Por decisão unânime, o juiz recebeu gancho de 100 dias e multa de R$ 1 mil. No entanto, o processo ainda cabe recurso.

Em jogo que o Corinthians venceu por 2 a 0, Flávio Rodrigues Guerra motivou a polêmica justamente no lance que culminou na abertura do placar. Depois de marcar pênalti a favor dos mandantes, cometido por Zeca em Vagner Love, o árbitro expulsou de forma equivocada o zagueiro David Braz, que nem estava presente na jogada. Revoltado com a decisão, o defensor deixou o campo tecendo diversas críticas.

A postura impaciente de Braz, inclusive, foi usada como prerrogativa da defesa do árbitro. Esther Freitas, advogada de Flávio Rodrigues Guerra, alegou que Braz não foi expulso pelo pênalti e sim pelas reclamações e ofensas diante da arbitragem.

Apesar da denúncia da procuradoria em dois artigos, Flávio só foi condenado no 266, que prevê a omissão no relato de ocorrências ou a impossibilidade de definir infratores frente a um relato confuso.

A Comissão Disciplinar do STJD até chegou a julgar o santista David Braz em primeira instância. Mas, após verem o vídeo do lance, os auditores confirmaram a tese que Braz não se dirigiu à arbitragem ao reclamar do lance.

Além da absolvição, a análise do lance através dos vídeos possibilitou até o questionamento da conduta de Flávio Rodrigues Guerra, punido no decorrer do processo.

ESPN

Nenhum comentário: