No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 6 de dezembro de 2015

Após ver Libertadores escapar duas vezes, Santos se despede triste e calado



O Santos se despede na temporada 2015 em "clima de velório" no confronto contra o Atlético-PR, neste domingo, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, em jogo válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Há duas semanas, o clube paulista era um dos mais cotados a representar o Brasil na Copa Libertadores da América de 2016.

Quando entrou em campo contra o Flamengo há três rodadas, o Santos era o quarto colocado do Brasileiro, com 54 pontos, e garantia parcialmente uma vaga na competição continental. Além da boa campanha no Brasileirão, a equipe santista era apontada como favorita ao título na decisão da Copa do Brasil contra o Palmeiras, disputada em dois jogos – Vila Belmiro e Allianz Parque.

Os santistas esperavam utilizar o jogo contra o Atlético-PR apenas para comemorar a vaga na Libertadores ao lado de sua torcida. No entanto, o Santos abriu mão do Brasileiro, ao colocar o time reserva nos jogos contra Coritiba e Vasco, e apostou tudo na final da Copa do Brasil.

O planejamento deu errado e, por isso, o alvinegro praiano faz um dos piores jogos da temporada contra os paranaenses. A motivação é zero.

O elenco santista está arrasado internamente e resolveu se calar para evitar polêmicas. Desde a "tragédia" contra o Palmeiras, os jogadores não falaram mais com a imprensa. Não ocorreram entrevistas coletivas na quinta, sexta-feira e sábado. Só Dorival Júnior concederá coletiva após o jogo contra o Atlético-PR.

A solução foi a "lei do silêncio" para evitar polêmicas. O UOL Esporte revelou ainsatisfação dos atletas em relação ao planejamento da diretoria santista na reta final. O presidente Modesto Roma foi bastante criticado internamente no CT Rei Pelé por encabeçar o pedido da mudança das datas das finais da Copa do Brasil.

Os jogos estavam marcados para 4 e 25 de novembro, mas o clube considerou que o intervalo longo entre os confrontos poderia atrapalhar o ritmo dos finalistas e diminuir a empolgação dos torcedores. E, de fato, atrapalhou, mas o próprio Santos. O técnico Dorival Júnior e os atletas sequer foram consultados na decisão do presidente.

Além da mudança das datas das finais, comissão técnica e jogadores ficaram revoltados com a falta de zelo da diretoria com o gramado da Vila Belmiro na reta decisiva do Santos no fim de ano. O campo foi muito utilizado pelas categorias de base na disputa das finais do Campeonato Paulista e pelas seleções que participam do Sul-Americano feminino sub-20. Dorival chegou a dizer que o Santos jogou em um "brejo" contra o Flamengo.

Por tudo isso, a melhor estratégia foi terminar o ano no silêncio, sem tentar explicar a perda da vaga na Libertadores de 2016 que, há duas semanas, estava na mãos do Santos por duas vias – Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.
FICHA TÉCNICA

SANTOS X ATLÉTICO-PR

Data e horário: 06/12/2015, às 17h (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Competição: Campeonato Brasileiro
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique - PE 
Auxiliares: Sergio H Campelo Gomes - MA e Ubiratan Bruno Viana - RN

Santos: Vladimir, Victor Ferraz, Werley, Gustavo Henrique, Zeca; Alison, Fernando Medeiros (Paulo Ricardo ou Leandrinho), Lucas Lima, Marquinhos Gabriel, Geuvânio; Gabriel Barbosa: Técnico: Dorival Júnior.

Atlético-PR: Rodolfo; Eduardo, Vilches, Cleberson e Roberto; Otávio, Deivid, Sidcley, Marcos Guilherme e Nikão; Walter.Técnico: Cristovão. 


Uol Esporte

2 comentários:

:.tossan® disse...

5x1 com Atlético do Parana prova, se não tivessem poupado os titulares contra Vasco e Coritiba daria pra chegar nas duas competições. Machucou poem outro ora! Abraço

D disse...

Muita burrice isso q fizeram, muito mal planejado, acabaram se fodendo em 2 competições e agr veremos equipes piores q a nossa como Palmeiras e mais ainda São Paulo na Libertadores, o segundo q além de já estar mal ainda perderá seus 2 principais atacantes além do líder do time...