No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Lesão grave de Victor Ferraz faz Santos ir atrás de lateral para 2016



O planejamento do Santos para 2016 é discutido entre o técnico Dorival Júnior e a diretoria há mais de dois meses. No entanto, nas últimas semanas, eles fizeram uma alteração nos planos ao acrescentar a contratação de um lateral direito para a próxima temporada. Antes, o clube paulista só negociava com zagueiros, meias e atacantes.

Os nomes sugeridos por Dorival Júnior e oferecidos por empresários são mantidos em sigilo e avaliados entre a cúpula santista. 

Dorival pediu a chegada de mais um lateral por dois motivos: a grave lesão de Victor Ferraz e a instabilidade de seu substituto, Daniel Guedes, que alterna entre bons e maus jogos.

Victor Ferraz tenta se recuperar de uma lombalgia mecânica aguda e, o retorno aos gramados, foi dificultado devido a uma alergia do atleta a anti-inflamatórios. Como o atleta não pode tomar o medicamento, os médicos do clube foram obrigados a um tratamento alternativo e mais lento.

O lateral santista, que já falava até em convocação para a seleção brasileira, não atua desde o dia 24 de setembro, quando o Santos venceu o Internacional por 3 a 1, na Vila Belmiro. Nesse período, Ferraz desfalcou o time em dez partidas.

O camisa 4 deve voltar aos gramados no primeiro jogo da final da Copa do Brasil, diante do Palmeiras, na próxima quarta-feira (dia 25), na Vila Belmiro, mas não está descartado o retorno do lateral para o duelo contra o Coritiba, domingo, no Couto Pereira, em Curitiba, válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Vamos ver durante a semana. Provavelmente, para domingo ou para quarta-feira que vem. Ele já vem em uma crescente. Estamos conversando quase que diariamente. É natural que o jogador se sinta melhor de um dia para o outro", afirmou Dorival Júnior.

A situação de Victor Ferraz preocupado bastante a comissão técnica do Santos. Dorival chegou a cogitar que o lateral só retornaria aos gramados em 2016.

"Estipular prazo não dá. A cada momento nós estamos trabalhando com uma reação do Victor. Existem dias que intensificam os trabalhos, tem dias que ele sente alguma coisa. Já são mais de 37 dias, então, não sei se poderemos contar com o Victor daqui para os jogos finais (da temporada)", disse.

Uol Esporte

2 comentários:

:.tossan® disse...

É melhor a solução caseira, prática e só gastando o salário, trás o Galhardo de volta. Simples e barato.
Abraço

clayton disse...

Tambem concordo...o cara ta jogando um bom futebol no gremio