No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Desfalques e fator ‘visitante’ preocupam o Peixe contra o Joinville


Na luta para se manter no G4 do Campeonato Brasileiro, o Santos, teoricamente, tem um adversário que não inspira grandes preocupações neste sábado. Embalado depois de vencer dois clássicos na mesma semana, o Peixe vista o Joinville com todo a favoritismo ao seu lado, já que o time de Santa Catarina é o penúltimo colocado na competição, com os mesmos 30 pontos do lanterna Vasco da Gama. Porém, o duelo pela 34ª rodada pode ser mais difícil do que o torcedor imagina.

O primeiro problema que Dorival Júnior terá de resolver é a escalação da sua equipe. No último domingo, durante a vitória por 2 a 1 em cima do Palmeiras, o zagueiro Gustavo Henrique e o lateral esquerdo Zeca levaram o terceiro cartão amarelo e estão suspensos. Além deles, Werley, que poderia entrar na zaga, é outro que está fora do confronto. O camisa 2 ainda não pôde atuar no domingo e vai cumprir mais dois jogos de suspensão por ter empurrado o quatro árbitro no clássico contra o Corinthians, em Itaquera, depois de levar o cartão vermelho do banco de reservas.

Durante a semana, a comissão técnica santista também analisará a recuperação e Victor Ferraz. O lateral direito não entra em campo pelo Peixe há oito jogos em função de um incômodo na coluna.

Diante de tantos desfalques, Dorival Júnior será obrigado a preparar uma equipe bastante mexida para o confronto com o Joinville. A tendência é que Paulo Ricardo faça dupla com David Braz e Chiquinho entre no lugar de Zeca, com a manutenção de Daniel Guedes na direita. Pelo menos do meio para frente, o treinador a princípio não tem problemas.

Outro complicador para o Santos pode ser o fator casa. Apesar de brigar para não cair à Série B, o Joinville, que está estreando na elite do futebol nacional nesta temporada, costuma crescer diante de seu torcedor. Das sete vitórias que o time catarinense conseguiu no campeonato, seis foram em sua Arena. Já o Peixe, mesmo depois da chegada de Dorival e a reação da equipe no Brasileiro, continua com muitas dificuldades de espelhar as apresentações na Vila Belmiro fora de casa. Até agora, o clube conquistou apenas uma vitória como visitante, diante da Cruzeiro.

De qualquer forma, a pressão pela vitória certamente estará no colo do time santista. E o lado positivo é que o comandante alvinegro terá toda a semana para preparar o Santos, pois não haverá jogos neste meio tempo por nenhuma competição.

Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: