No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Sensação, Santos supera Corinthians, bate recorde e vira maior finalista do milênio



Sensação no segundo semestre do futebol nacional, o Santos alcançou juntamente com a vaga na final da Copa do Brasil uma marca histórica. Entre os grande paulistas é o clube com mais finais disputadas no novo milênio, isto é, a partir de 2000.

O time da Vila Belmiro derrotou o São Paulo por 3 a 1, em casa, na última quarta-feira, repetindo o placar do primeiro jogo, que foi no Morumbi. Disputará pela segunda vez a final da Copa do Brasil e, na soma, fará a 16ª decisão nos últimos 15 anos, considerando todos os torneios.

Até então, o Santos, que foi campeão paulista no primeiro semestre, estava empatado com o Corinthians. Cada um com 15 finais disputadas. O levantamento da reportagem não considerou os torneios por pontos corridos, como os Campeonatos Brasileiros de 2003 até hoje e os Campeonatos Paulistas de 2005 e 2006.

Apesar de viver uma escassez de títulos nos últimos anos, o São Paulo é o terceiro colocado neste "ranking", com 14 decisões, enquanto o Palmeiras, também finalista da Copa do Brasil deste ano, alcançou apenas a nona disputa por taça com final.

"O Santos trabalhou muito para chegar nesse momento. Antes do jogo contra o Sport [pela terceira fase da Copa do Brasil], eu disse que chegaríamos à final se passássemos por eles", avaliou o técnico Dorival Júnior após a vitória santista, na Vila Belmiro.

"O que colhemos é fruto do trabalho de uma comissão técnica e, principalmente, da aceitação dos jogadores. Eles aceitaram fazer algo que nós pedimos. E a partir da capacidade de cada um, as coisas foram andando", completou o treinador.

Foi justamente após a vitória contra o Sport que o Santos consolidou a arrancada no segundo semestre, deixando para trás a briga pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro e virando uma sensação, com um futebol ofensivo e de toque de bola.

Empilhando taças

Das 15 finais que disputou a partir de 2000, o Santos foi campeão nove vezes.

Teve uma Copa Libertadores (2011), uma Recopa Sul-Americana (2012), um Campeonato Brasileiro (2002, o último com final), uma Copa do Brasil (2010) e cinco Campeonatos Paulista (2007, 2010, 2011, 2012 e 2015).

No mesmo período, o Santos foi vice-campeão do Mundial de Clubes (2011), da Copa Libertadores (2003) e de quatro Campeonatos Paulistas (2000, 2009, 2013 e 2014).

Já o Palmeiras teve uma presença menor em finais, mas um aproveitamento melhor. 

Das oito finais até aqui, a equipe foi campeã do Torneio Rio-São Paulo (2000), da Copa dos Campeões (2000), da Série B (2003), do Paulista (2008) e da Copa do Brasil (2012).

Perdeu uma Libertadores (2000), uma Mercosul (2000) e um Paulista (2015).

Corinthians e São Paulo

Das 15 finais disputadas, o Corinthians venceu 11, sendo dois Mundiais (2000 e 2012) e a Copa Libertadores (2012), as taças mais importantes no milênio.

Já o São Paulo tem apenas seis títulos das 14 decisões que disputou, com o pior aproveitamento entre o quarteto de gigantes paulistas.

A última taça obtida pelos tricolores em uma decisão com final foi a Copa Sul-Americana (2012), mas as melhores lembranças são o Mundial e a Libertadores (em 2005).

ESPN

Nenhum comentário: