No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Santos 'cozinha' o Atlético-MG e goleia o vice-líder na Vila Belmiro


Peixe teve atuação de MasterChef jogando em casa e venceu o Galo, vice-líder do Brasileirão, por 4 a 0. Gabigol marcou duas vezes e Ricardo Oliveira subiu na artilharia

Nesta semana, a final do programa de televisão MasterChef, que promove uma competição gastronômica, foi um dos assuntos mais comentados. Na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, Santos e Atlético-MG parecem ter se inspirado na disputa, mas foi o Peixe que teve um algo a mais e levou a melhor, com uma vitória de 4 a 0.

Assim como no reality show, em que havia um participante santista e o outro fez um prato mineiro, a concorrência foi de igual para igual, pelo menos nos minutos iniciais, e os dois competidores demonstraram que foram ao ataque.

Sem Leandro Donizete, a equipe mineira entrou em campo só com Rafael Carioca de volante e com o meia Dátolo improvisado.

As jogadas de mestre cuca ficaram a cargo de Gabigol, que desde o começo foi quem mais chegou perto de balançar as redes. O camisa 10 santista perdeu uma chance em que o goleiro Victor já estava no chão, logo no início, mas não desistiu.

Aos 37 minutos da primeira etapa, o gol enfim saiu do forno, depois que Gabriel fez uma linda jogada, driblou o zagueiro Jemerson e arriscou de fora da área.

No segundo tempo, o time do "chef" Dorival Júnior adotou uma postura mais cautelosa e esperou o adversário atacar para responder.

Foi assim que o Santos roubou uma bola logo aos 9 minutos da segunda etapa e Lucas Lima entregou o segundo gol de bandeja para Gabriel, que de novo sentiu o gosto de balançar as redes na partida.

Maior aposta do Galo, vice-líder do Campeonato Brasileiro, o argentino Pratto não conseguiu agradar nenhum dos jurados e arriscou até sair da área para receber a bola, mas parou na forte marcação.

Quando tudo já parecia resolvido para o time da casa, aos 25 minutos, Lucas Lima ainda teve tempo de servir mais uma vez, e deixou Ricardo Oliveira sozinho em frente ao gol. O camisa 9 teve só o trabalho de rolar para as redes e chegar ao 17º gol no campeonato, sete a mais que Pratto.

No fim, aos 38, Léo Silva cabeceou na trave e até pediu gol. Depois, Thiago Ribeiro, que está emprestado pelo Santos, deu trabalho a Vanderlei, que espalmou para fora e comemorou como se tivesse feito um gol.

Já aos 47, Marquinhos Gabriel ampliou em bonita jogada iniciada por Zeca e liquidou a partida.

O Santos, que encara o líder Corinthians fora de casa, no domingo, às 11h, chegou a 40 pontos e agora ocupa a 7ª posição, ultrapassando o Atlético-PR, que perdeu para o Grêmio.

Já o Atlético-MG, que receberá o Flamengo no domingo, no Independência, permanece na 2ª posição da tabela e teve diminuída a diferença de pontos para o Grêmio, o terceiro colocado um ponto atrás.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 4 x 0 ATLÉTICO-MG

Data-Hora: 16-09-15 - 22h (de Brasília)
Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa/SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO)
Renda/público: R$ 235.610,00 / 6.179 pagantes
Cartões amarelos: David Braz (Santos); Giovanni Augusto (Atlético-MG)
Gols: Gabigol, 37'/1ºT (1-0); Gabigol, 9'/2ºT (2-0); Ricardo Oliveira, 25'/2ºT (3-0); Marquinhos Gabriel, 46'/2ºT (4-0)

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima (Leandro - 42'/2ºT); Marquinhos Gabriel, Gabigol (Marquinhos - 28/2ºT) e Ricardo Oliveira (Vitor Bueno - 38'/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Dátolo, Luan (Cárdenas - 30'/2ºT) e Giovanni Augusto (Dodô - 30'/2ºT); Carlos (Thiago Ribeiro - 15'/2ºT) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

Lancenet

Nenhum comentário: