No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 27 de setembro de 2015

Lucas Lima se vê caçado por Seleção e Gabigol reclama de dores após virada


Meia teve marcação individual de três jogadores durante partida contra o Internacional, e todos terminaram o jogo com cartão amarelo. Após 3 a 1 na Vila, jogadores admitem desgaste

A maratona de jogos decisivos por duas competições diferentes começa a cobrar seu preço no elenco do Santos. Neste domingo, passada a vitória por 3 a 1 sobre o Internacional na Vila Belmiro, dois dos principais jogadores reclamaram de dores referentes ao desgaste físico. Lucas Lima, que mostrou incômodo na coxa direita desde o primeiro tempo, acha que tem sido mais perseguido desde que foi chamado por Dunga para a Seleção Brasileira.

- Jogando às 11h é impossível chegar no final e não estar esgotado. o desgaste é grande. Eu joguei metade do primeiro tempo e todo o segundo com dor, resolvi ficar e vamos ver, porque você tem que jogar com dor mesmo, é quase impossível não ter dor com essa maratona de jogos. Eu não era tão perserguido (antes da Seleção), não, porque agora tem um jogador sempre me marcando. Tenho que tomar pancada e ficar quieto, mas é assim mesmo desde a Seleção - afirmou o camisa 20 do Santos, que tem dois amistosos disputados sob o comando de Dunga e agora estará em mais dois válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Lucas Lima sofreu marcação individual na partida deste domingo, mas a estratégia do técnico Argel Fucks não fez muita diferença, já que William, Wellington e Silva, os três marcadores, levaram cartão amarelo, sendo que o último causou um pênalti convertido por Gabigol para ajudar a construir a vitória dentro da Vila Belmiro. O placar aproxima o Peixe do G4 e leva à provisória quinta posição. Para a sequência da temporada, porém, as dores seguem preocupando os jogadores do Peixe.

Além de Lucas Lima, o atacante Gabigol também reclamou de dores após o apito final. Autor do segundo gol, já na etapa complementar, o camisa 10 receita descanso para o time se preparar para a partida de quinta-feira, contra o Figueirense, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil.

- Dor a gente tem sempre, eu estou jogando com dor, o Lucas também sentiu bastante, mas temos que nos preocupar com descanso agora. É para chegar inteiro na quinta-feira - explicou o artilheiro da 'era Dorival Júnior'.

Lancenet

Nenhum comentário: