No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Destaque do Santos é pessimista por permanência; árabes querem R$ 16 mi



O meia Marquinhos Gabriel, um dos principais destaques individuais do Santos nas últimas partidas, não escondeu o seu pessimismo com relação a uma possível permanência no clube após o término do contrato, em 31 de dezembro. O jogador está emprestado pelo Al-Nassr, da Arábia Saudita.

O camisa 31 santista valorizou a sua recuperação no clube, superando, inclusive, a possibilidade de ser devolvido, mas que já sabe que dificilmente será cedido por empréstimo novamente.

“Isso tudo é trabalho em campo (o desejo do Santos de renovar). Quando vi as notícias que eu poderia sair daqui, considerei normal, pois a vida do jogador é assim. O que não poderia fazer é deixar de treinar e trabalhar porque se houvesse a oportunidade, como houve, precisaria corresponder. Procurei fazer o meu trabalho dentro de campo, que é o que me valoriza. O resto deixo para quem está trabalho fora cuidar”, disse o jogador.

“Agora não tenho muitas alternativas. É ali dentro de campo e o pessoal fora vai avaliar se devo ficar, ou não”, completou.

O Torcedores.com apurou que Santos só teve conversas iniciais com o empresário do atleta, Augusto Castro, mas sabe que o clube árabe pede por 4 milhões de dólares (R$ 16,1 milhões pela cotação atual) para liberá-lo em definitivo.

“Tenho procurado me concentrar nos jogos e deixar a parte de renovação. Agora, vou me concentrar na reta final. O empréstimo é muito difícil, pois se me emprestarem mais um ano vão ficar com seis meses de contrato, só”, explicou.

Marquinhos Gabriel viveu uma reviravolta com a chegada do técnico Dorival Júnior. O jogador declarou publicamente que foi impedido de entrar em campo pela indecisão sobre o seu futuro, sendo esquecido durante boa parte do trabalho do técnico Marcelo Fernandes, hoje auxiliar.

Com Dorival, com quem trabalhou no Internacional, ganhou oportunidade logo nos primeiros jogos, substituindo Lucas Lima, e virou uma espécie de 12º jogador do treinador, ganhando a titularidade após a lesão muscular do atacante Geuvânio.

Torcedores.com

Nenhum comentário: