No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Durval, Oswaldo... Em 2 dias, Santos tem 5 ações na Justiça do Trabalho

Treinador e zagueiro multicampeão pelo clube ampliam lista de problemas da diretoria no Tribunal; só em 2015, são 37 processos de ex-funcionários contra o clube

Em apenas dois dias, o Santos foi acionado em cinco novas ações na Justiça do Trabalho. No último dia 5, o ex-gerente de futebol Nei Pandolfo e o zagueiro Durval, multicampeão no clube, ingressaram com processos. No dia seguinte, foi a vez do técnico Oswaldo Oliveira, o beque Luiz Adriano e o analista de desempenho Gabriel Batista de Oliveira.

A nova leva faz crescer a lista de problemas do clube na esfera trabalhista. Só neste ano são 37 ações que têm o Santos como réu ou co-réu, algumas famosas, como as do atacante Leandro Damião, o goleiro Aranha, o volante Arouca e o lateral Mena, que expuseram a crise da agremiação no início da temporada.

A conta também inclui funcionários administrativos e até os de uma empresa de segurança que prestava serviços ao Santos.

Procurada pela reportagem, a advogada Regina Celi Reis da Costa, que representa Oswaldo, Luiz Alberto e Gabriel Batista de Oliveira, não foi encontrada. O advogado Rodrigo Barros, que tem Durval e Pandolfo como clientes, não quis comentar.

Os problemas financeiros do Santos não são novidade. Os atrasos salariais se repetem desde o meio de 2014, pelo menos. No fim do ano passado, a dívida com o elenco superou três meses, o que levou parte deles a pedir a rescisão contratual na Justiça.


Aranha e Arouca fizeram acordo e se transferiram para o Palmeiras. Mena conseguiu liminar e foi para o Cruzeiro, onde já estava Damião, emprestado. O centroavante teve decisão favorável ao fim de seu vínculo com a equipe da Vila Belmiro, mas a quebra do contrato só terá validade quando o processo não for mais passível de recursos.

Recentemente, o Santos foi ameaçado de perder pontos no Brasileiro por conta dos atrasos após uma denúncia do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de São Paulo. Na última quinta-feira a diretoria acertou o pagamento do mês e encerrou, por ora, as dívidas com o elenco.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: