No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Dorival usa derrota rival como exemplo para alertar elenco do Santos



Às vésperas do confronto decisivo entre Corinthians e Santos, em jogo que basta um empate ao Peixe para garantir vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, Dorival Jr. fez questão de citar a desclassificação do rival para o Atlético-MG, na última edição do torneio, como exemplo do que não deve ser feito. Para o treinador, a equipe tem que buscar o jogo em Itaquera.

Na Copa do Brasil de 2014, Corinthians e Atlético-MG – que se sagrou campeão – se enfrentaram pelas quartas de final da competição. Após vencer a primeira partida por 2 a 0 em casa – mesmo placar que o Santos aplicou na Vila Belmiro -, o Alvinegro paulista foi goleado por 4 a 1 no Mineirão e acabou perdendo a vaga. Por isso, jogar com o regulamento ‘debaixo do braço’ não é uma opção.

Em entrevista à rádio Bradesco Esportes nesta terça, o técnico santista confessou que espera que os atletas partam do zero na quarta. “Não podemos nos esquecer. Temos que entender que é um novo jogo. Se o Santos entrar para defender o resultado, começamos perdendo o jogo. Mas se entrarmos lá buscando o resultado, com nossa proposta de jogo, e confiando no potencial da equipe, talvez possamos finalizar nossa classificação, o que seria muito importante”, falou.

No comando do Santos há pouco mais de um mês, Dorival Jr. orquestrou uma mudança de cenário a partir de sua chegada. Após assumir o time na zona de rebaixamento e com retrospecto de quatro derrotas, Dorival conseguiu cinco vitórias, dois empates e uma derrota em oito jogos e reposicionou o Santos na tabela de classificação.

Buscando a recuperação na Série A, o Santos pode ganhar mais tranquilidade para trabalhar conquistando espaço em outra frente, a partir da vaga na Copa do Brasil. Para isso, o Peixe jogará buscando vencer fora da Vila Belmiro, fato que o treinador ainda não alcançou. “O jogo requer uma atenção. Não podemos dar margens para que o Corinthians cresça dentro do jogo. Do contrário, teremos uma noite muito ruim”, ponderou.

Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: