No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Dorival Júnior prevê jogo ainda 'mais difícil' e pede trabalho por vaga em Itaquera



O Santos deu um passo importante para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. A vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians, na Vila Belmiro, permitirá ao clube praiano até perder em Itaquera - por um gol de diferença - para passar de fase no torneio. Apesar do resultado e a atuação dominante, o discurso é de ponderação, e Dorival Júnior lidera a cautela dentro do elenco.

Para Dorival Júnior, o Santos precisará trabalhar ainda mais para obter a vaga na Arena Corinthians, estádio que deve receber pouco menos de 40 mil pessoas na próxima quarta-feira. O treinador cobrou respeito ao Corinthians e prevê um duelo ainda mais complicado para os santistas.

"Foi um resultado importante, sim, mas não há nada resolvido. Teremos que trabalhar muito mais se quisermos sair com a vaga. Corinthians merece todo o respeito, e nós não podemos dar como finalizada.", discursou o treinador do clube de Vila Belmiro, antes de prever ainda mais dificuldades para o jogo em São Paulo.

"Os 90min seguintes serão ainda mais difíceis. É um jogo que promete muito por aquilo que as duas equipes resolveram fazer dentro de campo. Agora é muita calma para voltar para o Brasileiro, tentar botar um grande público na Vila e fazer um grande jogo contra o Avaí", acrescentou.

Embora tenha deixado a Vila Belmiro satisfeito com o futebol apresentado pelo Santos, Dorival Júnior admitiu que o time sentiu fisicamente a partida no segundo tempo, quando o Corinthians controlou mais o ritmo e buscou o ataque.

"A intensidade do primeiro tempo resultou nesta queda no segundo tempo. Carregamos a bola desnecessariamente, e a equipe saiu mais. Em qualquer momento se perde a bola, pega a equipe em transição e propensa ao contra-ataque. A nossa volta foi muito forte. A recomposição sempre acontecia. Paramos de trabalhar a bola e isso pesou de maneira direta, quase que isso compromete o nosso resultado", completou.

ESPN

Nenhum comentário: