No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Dorival é 'rei dos mata-matas' no Santos e vira trunfo na Arena Corinthians

O técnico Dorival Júnior tenta, pelo menos publicamente, manter a cautela sobre a vantagem adquirida pelo Santos para o decisivo jogo contra o Corinthians, nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), na Arena Corinthians, pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O comandante santista não esquece da dificuldade de sua equipe em superar um jejum de 15 partidas sem vencer fora de casa, ou pouco mais de cinco meses, mas é justamente o próprio trunfo para conduzir o clube aos oito melhores da competição.


"Queremos ver o Santos jogando tanto dentro, quanto fora, no mesmo nível. Vamos trabalhar e continuar acreditando", explicou o treinador, que tem dois empates e uma derrota atuando fora de casa em sua segunda passagem pela Vila Belmiro.

Dorival, no entanto, é uma espécie de "rei dos mata-matas" pelo Santos. Em 2010, deixou o clube atingindo quase a perfeição em partidas neste formado. Venceu o Campeonato Paulista, superando São Paulo e Santo André nos jogos eliminatórios, e a Copa do Brasil.

Na competição nacional, o treinador conduziu o Santos ao inédito título da competição passando por Naviraiense-MS, Remo-PA, Guarani, Atlético-MG, Grêmio e Vitória. Assim como na atual passagem, em que tem aproveitamento avassalador atuando na Vila Belmiro, os jogos no estádio foram decisivos para garantir a conquista.

O único tropeço em um jogo eliminatório aconteceu diante do Avaí, pela Copa Sul-Americana, apenas uma semana após a conquista da Copa do Brasil. De "ressaca", o treinador poupou parte dos titulares e pagou com um resultado inesperado: 3 a 1 no jogo de ida, no Estádio do Pacaembu. Na volta, uma semana depois, não conseguiu reverter o placar.

Logo em sua volta, por sinal, o treinador liderou o Santos para reverter desvantagem diante do Sport, na Vila Belmiro, e seguir na competição nacional.

"Muita coisa ainda pode acontecer [nesse segundo jogo]. O Corinthians merece todo o respeito e não podemos dar nada por finalizado. Os 90 minutos seguintes serão com maiores dificuldades, é um jogo que promete muito pelo que as equipes fizeram em campo. Vamos ter calma", explicou.

A última vitória do Santos fora de casa aconteceu diante do Londrina, em 17 de março, ainda pelo jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil. Com Dorival, a equipe esteve perto de findar o jejum. principalmente diante do Atlético-PR, na última rodada, quando empatou por 0 a 0 desperdiçando boas oportunidades e até um pênalti.

Para se classificar, o Santos pode perder por 1 a 0 ou por dois gols de diferença, desde que marque gols. Em caso de vitória por 2 a 0 do Corinthians o confronto será decidido nos pênaltis.

Uol Esporte

Nenhum comentário: