No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 18 de agosto de 2015

De 'parça' de Neymar a 'novo Robinho': as joias que não vingaram no Santos



Jean Chera, que está no sub-23 do Peixe, ganhou uma nova chance, mas muitos não tiveram a mesma oportunidade. Relembre outros casos de promessas que não vingaram

Neilton, Victor Andrade, Geovane Loubo, Felipe, Renatinho, Tiago Luis, Giva, entre outros. Por diversas vezes o torcedor do Santos e até de outros times esperava que as joias da base se tornassem realidade no profissional e no futebol brasileiro, como aconteceu com Robinho, Diego e Neymar. Mas na maioria dos casos, o prestígio se extinguiu na base ou na hora de se profissionalizar. No caso de Jean Chera, que passou por nove clubes, a história foi outra: ele ganhou uma segunda chance, fato raro na Vila Belmiro. Relembre as histórias com finais tristes:

1. Geovane Loubo


Nas categorias de base do Peixe, atuou como meia e foi a grande dupla de Neymar, como foi Ganso no profissional. Ainda garoto, chegou a assinar com o Arsenal, da Inglaterra, mas sem sucesso, retornou ao clube praiano. Foi integrado ao profissional em 2014, no mesmo ano em que seu contrato acabou. Neste ano, em que fez 21 anos, foi para o Mogi Mirim, mas deixou a equipe.

2. Victor Andrade


Apontado como a grande revelação do ataque santista após Neymar, não conseguiu destaque no profissional e foi pouco utilizado por Muricy Ramalho. Assinou com o Benfica de Portugal no ano passado, onde atua no time B. Santos tem direito a um percentual de venda futura. Está com 19 anos.

3. Giva


Também atacante, teve sequência de jogos em 2013, mas perdeu as oportunidades em 2014 e se transferiu para o Coritiba em 2015. Foi contratado pelo Alvinegro junto ao Vitória e tinha preferência em sua contratação do Barcelona (ESP), acordo que foi feito pelo Santos na negociação de Neymar. Hoje, aos 22 anos, veste a camisa do Llagostera, da Espanha.

4. Neilton


Destaque no ataque santista na Copinha de 2013, deixou o Peixe em 2014 rumo ao Cruzeiro. Na Toca da Raposa, também não teve destaque no profissional. Hoje, com 21 anos, atua no Botafogo, na Segunda Divisão.

5. Felipe


Goleiro titular em parte de 2010, sob o comando de Dorival Júnior, deixou a Vila Belmiro em 2012. Se destacou pelo episódio em que discutiu com um torcedor em uma transmissão de streaming online, pois ofendeu um internauta. Depois, passou por Náutico, Fluminense e, aos 27 anos, está na Portuguesa de Desportos.

6. Tiago Luis


Subiu para o profissional em 2008 e fez bons jogos pelo Estadual. No entanto, não deu continuidade ao bom futebol e saiu do Santos em 2012. Neste tempo, foi emprestado para União de Leiria, de Portugal, Ponte Preta, XV de Piracicaba e Bragantino. Depois jogou por Mirassol e Chapecoense. Tem 26 anos.

7. Renatinho


Tido como o novo Robinho, por também ser atacante e ter um físico semelhante, subiu em 2006 e foi aproveitado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Sem fazer grandes exibições, não deixou saudades na Vila Belmiro. Aos 28 anos, já passou por diversos clubes, como: Rentistas do Uruguai, Kawasaki Frontale (JAP), Portimonense (POR), São Caetano, Hangzhou e Chiangrai (CHI).

Lancenet

Nenhum comentário: