No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 28 de julho de 2015

Santos não deve vender jogadores até o fim do ano e segue atrás de reforços

Após se acertar com Leandro, que é aguardado para realizar exames médicos e assinar contrato, Peixe ainda quer um zagueiro e um volante para o Brasileirão

O Santos não deve mais vender jogadores nos próximos meses. Este, pelo menos, é o atual pensamento da cúpula do clube. Apesar de o Peixe viver uma crise financeira, sem patrocínio master desde o início de 2013 e com salários atrasados, os dirigentes acreditam que não receberão uma proposta "irrecusável", o que faria uma possível negociação valer a pena.

Sem sucesso no mercado internacional para reforçar o elenco comandado por Dorival Júnior, o Alvinegro teme se desfazer de jogadores e passar por ainda mais dificuldades no Campeonato Brasileiro. A equipe está em 15º lugar na tabela de classificação, com 16 pontos, e só escapou da zona de rebaixamento na última rodada, com a vitória por 2 a 0 sobre o Joinville. 

A venda de atletas era vista com bons olhos pelo Comitê de Gestão do clube, mas a falta de boas ofertas, a dificuldade para contratar e a situação no Brasileirão fizeram os dirigentes mudar de ideia. O mais cotado para deixar a Vila Belmiro era o meia Lucas Lima, mas o Porto, de Portugal, que estava interessado no santista, mudou o foco.

Em contrapartida, o técnico Dorival Júnior quer reforços para o time. O atacante Leandro, do Palmeiras, deve ser anunciado pelo Peixe nos próximos dias. Ele será emprestado pelo Verdão até o fim da temporada e realizará exames médicos no CT Rei Pelé ainda nesta semana, antes de assinar contrato. 

Além do atacante, um pedido de Dorival, o Santos busca um zagueiro e um volante experientes no mercado nacional, já que a janela de transferências internacionais fechou na última semana. Os nomes ainda são mantidos em sigilo para que as negociações não sejam atrapalhadas, já que os santistas não têm recursos financeiros e querem evitar concorrência.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: