No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Santos avança com a Kappa e tem sonho de linha exclusiva ligada a Pelé

Clube e marca italiana negociam criação do selo 'Kappa Pelé', que seria uma marca própria de material esportivo. Acordo está sendo negociado com prazo para decisão: fim de julho

O contrato de fornecimento de material esportivo do Santos com a Nike/Netshoes se encerra no fim de 2015 e não deverá ser renovado em razão de diversos conflitos entre as partes nas quatro temporadas de duração do vínculo. Conforme o LANCE! informou em maio, a empresa favorita para confeccionar os uniformes do Peixe a partir de 2016 é a italiana Kappa, que busca um grande clube brasileiro para investir e divulgar sua marca. As negociações avançaram nas últimas semanas e o objetivo do Peixe é ter uma linha exclusiva ligada ao Rei Pelé.

Kappa e Santos discutem há três meses a criação do selo "Kappa Pelé", que seria estampado nas camisas de jogo e todos os itens do material esportivo do clube, como linha feminina, infantil, de viagem e agasalhos, por exemplo. Para a empresa italiana, seria a chance de ligar sua marca ao Santos e ao Rei do Futebol. Já para o Santos, a possibilidade de ter uma linha exclusiva de produtos e um aumento considerável na obtenção de royalties ligados à imagem de Pelé, que tem contrato vitalício com o clube para negócios de imagem.

O acordo, porém, não está fechado. Pelo que o L! apurou, o contrato vitalício original de Pelé prevê a divisão de royalties por igual em licenciamento de produtos que envolvam o jogador e o clube. No caso do fornecimento de material esportivo, a divisão seria injusta para o clube, que tenta renegociar essa porcentagem usando uma brecha do contrato assinado pelo ex-presidente Odílio Rodrigues em 2014. Já houve uma reunião com os advogados de Pelé e o negócio para criação desta marca própria está caminhando.

Caso as questões legais impeçam a criação do selo Kappa Pelé, a tendência é que o Santos feche só com a Kappa mesmo. A empresa já elabora protótipos para o design da camisa e negocia outras questões, como distribuição - algo que atrapalhou decisivamente a relação com a Nike/Netshoes. O Santos deu um prazo até o fim de julho para que a marca apresente possíveis modelos, o que faz com que a batida do martelo já esteja próxima de acontecer.

Paralelamente às duas negociações com a Kappa, o Peixe conversa com outras empresas do ramo do material esportivo, como Puma, Adidas, Umbro e Reebok, mas todas as empresas são tratadas como plano B, inclusive a Nike/Netshoes, cuja renovação não está totalmente descartada.

Lancenet

Nenhum comentário: