No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Edu Dracena explica saída do Santos e cutuca nova diretoria por falta de patrocínios



Um dos atletas mais vitoriosos da história do Santos, o zagueiro Edu Dracena, hoje reserva do rival Corinthians, explicou em entrevista ao “Bate-Bola”, da ESPN, o motivo da rescisão contratual com o Peixe em janeiro. Negou que a decisão de deixar o clube tenha sido motivada por problemas de ordem financeira e aproveitou para cutucar a nova diretoria pela falta de patrocínios.

“A minha saída do Santos não foi por questão financeira. A diretoria não me queria lá. Era muito ligado com a diretoria anterior com a qual tinha boa relação. Até porque ainda na minha rescisão contratual conversei com o presidente (Modesto Roma Jr.). Falei: ‘presidente, como vocês querem me pagar?’ Eles me deviam quatro meses de salário. ‘Faz do jeito que vocês quiserem que não tem problema nenhum’. Não foi por questão financeira. Foi mesmo para que não acontecessem coisas piores estando lá. Preferi junto com a ideia da diretoria rescindir o contrato. Quem me trouxe foi o Marcelo Teixeira, que está por trás da nova diretoria””, explicou.

O ex-capitão lembrou que ele e o irmão foram os responsáveis por trazer a Corr Plastik no final de 2012, a única marca que segue no uniforme dos jogadores.

“O único patrocínio que o clube tem hoje foi eu e meu irmão que trouxemos, a Corr Plastik (marca de tubos e conexões). Se não fosse a gente, o Santos não teria nenhum patrocínio”, afirmou.

Com o Santos entre 2009 e 2014, Edu Dracena conquistou a Copa Libertadores (2011), a Recopa Sul-Americana (2012), a Copa do Brasil (2010), além de três Campeonatos

Paulistas (2010, 2011 e 2012).

Por Rafael Alaby Martins Ferreira

Um comentário:

clayton disse...

Esse blog é otimo traz as noticias do nosso peixe..mais o que anda me envergonhando e essa torcida ridicula que o peixe tem que pena um time tao grande nao merecia essa torcida de nada para nao falar outra coisa