No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Com volta de Renato, Dorival terá “dor de cabeça” para armar meio-campo


Volante deve estar à disposição do técnico no clássico contra o Palmeiras, domingo. Para escalar o jogador, treinador terá de tirar Paulo Ricardo ou Thiago Maia

Recém-contratado, o técnico Dorival Júnior já deve ter uma boa “dor de cabeça” para armar o meio de campo do Santos no clássico contra o Palmeiras, no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na arena alviverde, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Se quiser manter o esquema com três atacantes e escalar Renato, que estava lesionado e volta após oito jogos, o treinador terá de tirar um dos jovens que formaram a dupla de volantes na vitória por 3 a 0 sobre o Figueirense no último sábado: Paulo Ricardo ou Thiago Maia.

Beneficiados pela pouca qualidade do setor ofensivo do time catarinense, os garotos deram conta do recado. Resta saber qual deles sairá para a entrada de Renato.O veterano era titular absoluto até ficar afastado por algumas rodadas, por conta de um inchaço no joelho esquerdo.

O experiente volante, de 35 anos, foi importante na conquista do Campeonato Paulista, mas não atua desde o início de junho, quando se contundiu. No entanto, ele voltou a treinar normalmente com o restante do elenco nesta semana e deve estar à disposição para enfrentar o Palmeiras.

No período em que Renato esteve fora, Marcelo Fernandes, que era o técnico do time, buscou alternativas e passou a utilizar o jovem Thiago Maia, de apenas 18 anos. 

O garoto correspondeu às expectativas e agora é titular absoluto da equipe comandada por Dorival Júnior. Paulo Ricardo, que até então era zagueiro, voltou a ser volante, como nas categorias de base. Por isso, o novo treinador do Santos terá de repensar o esquema com três atacantes e Lucas Lima na armação. A opção seria tirar um dos destaques do setor ofensivo, se quiser escalar Renato entre os titulares. Gabriel ou Geuvânio poderiam sair, para a equipe contar com um meio-campo mais preenchido.

Até o clássico de domingo, Dorival terá quatro dias para testar a formação que considerar a melhor para o Alvinegro. No sábado, no CT Rei Pelé, o Peixe faz o último treino antes da partida.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: