No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Santos espera volta de Robinho, mas vê cenário difícil de concorrência

Jogador, que defendeu a seleção na Copa América, terá relação encerrada com o clube nesta terça. Cruzeiro, chineses e mexicanos acirram disputa pelo atacante

Mesmo sem uma definição a respeito da permanência de Robinho no Santos, o clube espera a reapresentação do atacante nesta segunda-feira, um dia antes do encerramento de contrato entre as duas partes. O jogador retornou no domingo do Chile ao país, onde participou da Copa América com a seleção brasileira, eliminada no dia anterior, diante do Paraguai. 

A expectativa é de que a cúpula santista tente a última cartada para segurar o ídolo, que tem sido representado nas negociações pela advogada Marisa Alija. As duas partes estiveram reunidas em três ocasiões para discutir a questão, mas sem acordo. 

No começo de junho, o presidente Modesto Roma Júnior afirmou em contato com o GloboEsporte.com que havia chegado a um acordo sobre o tempo do novo contrato: três anos.

Dias mais tarde, no entanto, o mandatário santista já não exibia tanta confiança no desfecho do negócio. Em Belo Horizonte, após empate com o Atlético-MG pelo Campeonato Brasileiro,Modesto Roma declarou que o Santos havia chegado "ao limite" nas conversas com os representantes do atacante. 

Por intermédio da advogada Marisa Alija, Robinho teve o contrato rescindido com o Milan em meados de maio e assim ficou livre para negociar com qualquer clube interessado em ter seu futebol após o encerramento do contrato de empréstimo com o Santos, em 30 de junho.

Antes de se juntar à seleção brasileira para a disputa da Copa América, Robinho chegou a adotar estratégia de pressão sobre a diretoria do Santos. Em entrevista coletiva dentro do CT Rei Pelé, o ídolo afirmou que seria difícil permanecer no clube, caso os atrasos no pagamento de direitos de imagem não fossem quitados. Dias depois, a direção conseguiu um empréstimo bancário e acertou as pendências com o elenco, mas após isso os salários voltaram a atrasar.

No domingo, após a derrota do Santos para o Inter em Porto Alegre, o técnico Marcelo Fernandes voltou a manifestar a confiança com relação à permanência de seu camisa 7.


– O Robinho é imprescindível. Estamos esperando ele. Estamos na 9ª rodada e ninguém falou que o Santos foi engolido, foi completamente dominado e já pegamos vários grandes elencos. O Robinho é muito importante, mas o Santos, como você falou, há vida. O Santos é bicampeão mundial e sempre revela grandes jogadores – afirmou o treinador.

CRUZEIRO, CHINA E MÉXICO NA PARADA

No último domingo, Valdir Barbosa, gerente de futebol do Cruzeiro, afirmou que o atual campeão brasileiro fez uma oferta "imbatível" a Robinho. No entanto, o dirigente do clube mineiro disse que temia a concorrência do Guangzhou Evergrande, equipe chinesa atualmente comandada por Luiz Felipe Scolari. 

– Eu conversei ontem (sábado) com a advogada e procuradora do Robinho. Ele estava voltando do Chile. Na verdade, o Robinho tem uma proposta do Cruzeiro. Acho que, no futebol brasileiro, ela é imbatível. Não tem jeito de ganhar do Cruzeiro. Agora, quando você fala de China, eles vêm de forma avassaladora para contratar jogador. Se eles mantiverem a proposta que fizeram, não precisa nem se mexer. Acho que até terça-feira, no mais tardar quarta-feira, este grupo de chineses, que é do time do Felipão, se confirmarem o que foi dito, não há nem como conversar mais. São coisas astronômicas. Coisa de um milhão de dólares livre por mês – declarou Barbosa.

Oficialmente, além dos clubes citados, o estafe de Robinho também recebeu um contato do Querétaro, equipe do México que contou recentemente com o futebol de Ronaldinho Gaúcho. Dirigente do time, Joaquín Beltrán declarou durante a semana que estudava a possibilidade de investir no brasileiro.

No Chile, Robinho foi titular nos últimos dois jogos da seleção no torneio, entrando no time após a suspensão de Neymar. O atacante do Santos esteve em campo na vitória sobre a Venezuela e no empate com o Paraguai, anotando o gol brasileiro na partida (a equipe acabou eliminada na disputa por pênaltis). 

Globoesporte.com

Nenhum comentário: