No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Renato minimiza pressão no Santos e não quer time preocupado com o técnico



Renato não atuou nos empates contra Ponte Preta e Atlético-MG por sofrer com um inchaço no joelho direito, mas deve voltar neste sábado, para o clássico com o Corinthians, na Vila. Com a experiência que carrega, o meio-campista de 36 anos garante que, apesar de o Santos não vencer há seis partidas, o elenco segue confiante no trabalho que está sendo feito.

"São coisas que podem acontecer no futebol. Sabemos que, se somados os quatro pontos que acabamos perdendo, com certeza hoje você não estaria fazendo essa pergunta, porque somaríamos 11 pontos", argumenta o camisa 8.

Com apenas sete pontos em sete rodadas disputadas do Campeonato Brasileiro, a equipe se vê na incômoda 17ª colocação, dentro da zona de rebaixamento. A maior fatia de responsabilidade deste mau desempenho recai sobre Marcelo Fernandes. Nem o título paulista, conquistado em maio, convence os dirigentes alvinegros de mantê-lo no cargo.

Para Renato os atletas têm de se preocupar apenas em jogar e fazer o melhor. O grupo, que sempre saiu em defesa de Fernandes, não pode mudar sua postura caso ocorra a troca de comando, pede o volante.

"Em relação à saída ou não, cabe à diretoria. Sempre procuramos trabalhar no dia a dia, independentemente do treinador. Como não houve esse acerto com o Oswaldo, vamos dar a vida por ele (Marcelo). Juntos fomos campeões paulistas e temos que dar sequência", explica.

O clássico das 16h30 (de Brasília) deste sábado, frente ao Corinthians, será um verdadeiro divisor de águas para Marcelo Fernandes. Mesmo com uma vitória o técnico corre riscos de ser substituído, mas, como o mercado não tem grandes nomes disponíveis, o atual treinador poderia ganhar mais tempo para provar seu valor. Por outro lado, outro tropeço diante do torcedor santista, e para o arquirrival, pode encerrar a curta passagem de Marcelo Fernandes à frente do alvinegro praiano.

ESPN

Nenhum comentário: