No peito e na alma !

No peito e na alma !

sábado, 9 de maio de 2015

Santos não estreia no Brasileirão com vitória há dez anos: Robinho é aposta


Já virou tradição: o Santos começa o ano embalado, vai bem no Paulistão, mas fracassa no Brasileiro. E isso se deve, entre outros motivos, ao fato de o time sempre ir mal no início do campeonato nacional. Sem vencer na estreia da competição há dez anos, o Peixe tenta acabar com essa sina neste domingo, contra o Avaí, na Ressacada.

A última vez que a equipe alvinegra começou o Brasileirão com o pé direito foi em 2005, quando bateu o Paysandu por 4 a 1. Essa, aliás, foi a única vitória do Peixe em uma rodada de abertura do Brasileirão desde que o formato por pontos corridos foi instituído, em 2003. Um dos santistas que balançou a rede naquela partida foi Robinho, justamente uma das maiores esperanças do Peixe para agora.

Com o camisa 7 em campo, o time ainda não perdeu no ano. Foram 14 partidas, com onze vitórias, três empates e seis gols dele. O jogador também marcou nas estreias do Brasileiro de 2003 e 2004.

No entanto, o Santos terá de aproveitar o Rei do Drible enquanto é tempo. Dia 1 de abril ele se apresentará à Seleção Brasileira e desfalcará o Peixe por até sete partidas, inclusive em dois clássicos, contra São Paulo e Corinthians.

Diretoria e comissão técnica do clube consideram que alcançar o G4 do Nacional é o objetivo mínimo do time em 2015. Para isso, arrancar bem no Campeonato Brasileiro é fundamental, como comentou o técnico Marcelo Fernandes:

– Estou aqui há cinco anos, e o Santos tem se destacado do meio para o fim do campeonato. O que tem impossibilitado a gente de chegar entre os primeiros é o começo do campeonato – afirmou.

O Peixe empatou nas últimas seis estreias da competição, sendo três por 0 a 0. Marcelo quer mudar esse quadro e já avisou o elenco alvinegro:

– Isso foi colocado para os atletas, eles sabem que é importantíssimo começar bem e pegar uma gordura no início do campeonato. Queremos mudar essa história

Lancene

Nenhum comentário: