No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 31 de maio de 2015

Robinho 'se despede' com golaço de voleio, mas Santos cede empate ao Sport



O atacante Robinho 'se despediu' do Santos com um gosto amargo. Na última partida de seu atual contrato com o clube, o camisa 7 marcou um golaço de voleio, abusou das jogadas de efeito, mas viu o Sport arrancar um empate por 2 a 2 no último minuto, neste domingo, na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Brasileirão.

Nesta segunda-feira Robinho se apresenta à seleção brasileira para a disputa da Copa América e, caso seu contrato não seja renovado, fez sua última partida pelo Santos neste domingo. As conversas para um novo vínculo estão em andamento e ambas as partes combinaram de se reunir novamente na próxima quarta.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 2 SPORT

Santos: Vladimir; Daniel Guedes (Chiquinho), Werley, David Braz e Victor Ferraz; Lucas Otávio, Renato e Lucas Lima; Geuvânio (Gabriel), Robinho e Ricardo Oliveira (Rafael Longuine). Técnico: Serginho Chulapa

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Neto Moura e Régis (Diego Souza); Maikon Leite (Élber) e Joelinton (Mike). Técnico: Eduardo Batista

Local: Vila Belmiro (Santos)
Data: 31/05/2015
Horário: 11h
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)
Assistentes: Moises Aparecido de Souza e Luiz H Souza Santos Renesto (ambos do PR)
Cartões amarelos: David Braz (Santos);Wendel e Neto Moura (Sport)
Gols: Robinho, aos 42 min do 1º tempo; Joelinton, aos 5 min, e Werley, aos 24 min do 2º tempo

COMO FOI O JOGO
Primeiro tempo
Disposto a se reabilitar da derrota na rodada anterior, o Santos pressionou nos minutos iniciais de jogo, mas parou na falta de pontaria de seus homens de frente. Robinho, Ricardo Oliveira e Lucas Lima tiveram boas oportunidades, mas desperdiçaram. O Sport equilibrou as ações a partir da metade da etapa inicial, chegou a assustar, mas tudo levava a crer que a etapa inicial terminaria sem gols. Foi quando brilhou Robinho. Após cruzamento da direita, ele cabeceou firme e Danilo Guedes fez 'milagre'. Ricardo Oliveira mandou o rebote na trave e a bola voltou para o camisa 7, que emendou belo voleio e abriu o placar.

Segundo tempo
Uma bobeada do Santos logo no início da etapa final deixou tudo igual. Lucas Lima foi desarmado na saída de bola e Rithely tocou para Joelinton, livre, empatar a partida. A partida ficou aberta, com chances para os dois lados. O Santos foi mais eficiente na finalização com Werley, que aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou para as redes. A grande oportunidade do Sport parou em Vladimir, que fez grande defesa em uma toque de cabeça à queima roupa de Rithely. Nos minutos finais, Robinho fez a festa da torcida com belas jogadas de efeito e o Santos ainda desperdiçou boas chances com Gabriel e o estreante Rafael Longuine.Oportunidades perdidas que foram castigadas no minuto final, quando Mike serviu Samuel Xavier, que empatou a partida.

DESTAQUES
'Jeitinho' santista

Suspenso após expulsão no jogo anterior, o técnico Marcelo Oliveira ficou no camarote térreo localizado ao lado do banco de reservas do Santos e não economizou nas orientações aos seus jogadores através de um buraco no vidro. A ação chamou a atenção do quarto árbitro, que foi repreender o treinador e ameaçou relatar o fato na súmula - o que pode provocar novas punições.

Sem vínculo
Elano desfalcou o Santos diante do Sport, já que seu contrato venceu justamente neste domingo e o jogador ainda negocia uma renovação. Ainda assim, o veterano meia esteve na Vila Belmiro e assistiu à partida nos camarotes ao lado do técnico Marcelo Fernandes.

Banco de peso
O técnico Eduardo Batista optou por iniciar o confronto deste domingo com Diego Souza entre os reservas. O treinador do Sport achou melhor preservar o veterano meia e só o colocou em campo na etapa final.

MELHORES
Robinho, Santos
A maior parte das jogadas ofensivas do Santos passou pelos pés do atacante, que estava em uma jornada inspirada. Ainda brindou os torcedores com um golaço de voleio. Pressão na diretoria do Santos para renovar o contrato.

PIORES
Ricardo Oliveira, Santos
O artilheiro do Paulistão pareceu estar em outra sintonia dos companheiros. Errou domínios de bola fáceis e desperdiçou chances por demorar para finalizar. No lance do gol santista, mandou rebote na trave mesmo estando praticamente na linha do gol.
Uol Esporte

Nenhum comentário: