No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Robinho faz críticas sobre atrasos de salário e não descarta deixar o Peixe


Atacante diz que, por questão afetiva, dá preferência ao Santos, mas deixa claro que se outro clube brasileiro apresentar proposta superior, ele vai embora

O atacante Robinho tem contrato com o Santos até o dia 30 de junho, apenas, e já está pensando no futuro. Para prorrogar o vínculo e seguir por mais tempo na Vila Belmiro, ele exige receber os direitos de imagem que estão atrasados.

Durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé, o Rei das Pedaladas falou sobre o futuro, não descartou deixar o Peixe e mandou um recado para a diretoria do clube. 

– É engraçado ver os clubes falando que temos de baixar o salário quando voltamos da Europa. Mas baixamos, voltamos e, muitas vezes, não recebemos – disse o jogador, se referindo à diminuição de seus vencimentos no fim do ano passado, quando trocou o Milan pelo Alvinegro.

Apesar de dizer várias vezes durante o encontro com os jornalistas que dará preferência ao Santos nas negociações, Robinho admitiu que poderá deixar o clube após a Copa América. Ele diz que foi sondado por clubes do Brasil e do exterior e, apesar da ligação que tem com o Peixe, não vê problemas em defender outra equipe do país. 

– Sou profissional. Vou para o time que me fizer uma proposta melhor e procurar fazer o meu trabalho da melhor maneira possível – resumiu. 

Robinho se apresenta à seleção brasileira no dia 1º de junho para a disputa da Copa América, que vai até 4 de julho. Caso não chegue a um acordo com o Peixe, sequer volta para a Vila Belmiro após a competição.

Veja os principais tópicos da entrevista de Robinho:

Futuro

– Em Santos, eu tenho casa, me sinto feliz. Acho que a diretoria já agendou conversa (com os representantes). Estou focado no jogo do fim de semana. Meu foco é jogar. Tem mais um mês de contrato. Não tenho pressa para nada. A diretoria é que tem de se manifestar.Eu fico focado no meu trabalho.

Importância da dívida

– Claro que importa. Não adianta pensar no futuro se atualmente não tem nada certo. Não só comigo, mas com todos os jogadores. Claro que vou dar preferência ao clube que me criou, mas tem de acertar tudo (para renovar). 

Por que ficar

– Ninguém gosta de sair do lugar onde é bem recebido. Sou um torcedor dentro de campo. Existem N fatores positivos para que eu permaneça no clube que me revelou, onde ganhei mais títulos. Uma série de fatores positivos e espero que eu possa seguir.

Reuniões para negociar renovação

– Eu acho que o presidente falou que tinha uma reunião agendada com meu pai e minha advogada. Eu não tenho pressa. A diretoria que tem de se manifestar e ter pressa ou não. Eu venho fazendo o meu trabalho. Procurar fazer o que tenho feito aqui no Santos. Se alguém tiver de ter pressa é da diretoria do clube. 

Preferência é do Santos...

– A preferência existe porque foi criado aqui, mas no futebol as coisas mudam muito rápido. Nunca quis usar o clube que me criou. Sou profissional. Claro que vou pensar com carinho no clube que me fizer uma proposta melhor. 

...mas vai analisar outras propostas

– Sou profissional. Vou para o time que me fizer uma proposta melhor e procurar fazer o meu trabalho da melhor maneira possível 

Interesses de Flamengo e Cruzeiro

– O que tem de verdade é que tem interesses de outros clubes do Brasil. Tenho contrato aqui com o Santos. A única verdade é essa. Não tenho nada assinado e apalavrado. Claro que quando chega perto do fim do contrato outros clubes manifestam interesse. 

Salário é sagrado

– É engraçado ver os clubes falando que temos de baixar o salário quando voltamos da Europa. Mas baixamos, voltamos e, muitas vezes, não recebemos 

Reajuste?

– Na minha vida quero melhorar em tudo. Meu chute de perna esquerda, de direita, inclusive meu salário. Tudo dá para conversar. Tudo a gente conversa. Pode fazer adiantamento, pagar daqui a 10 anos, 20, desde que tenha um acordo. Hoje meu pensamento é de ficar aqui no clube. Mas no futebol as coisas mudam muito rápido. 

Globoesporte.com

Nenhum comentário: