No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Renato relembra chapéu em Valdívia: "Foi o que deu para fazer na hora"



Além da vitória nos pênaltis, que deu o título paulista ao Santos, a torcida alvinegra pode comemorar um belo lance de Renato para cima de Valdivia, um dos maiores ídolos do Palmeiras. No primeiro tempo da partida do último domingo, na Vila Belmiro, o volante santista deixou o rival para trás com um lindo chapéu.

"Em alguns momentos é um recurso que a gente tem, nunca é por menosprezo. Ele veio correndo rápido e foi o que deu para fazer na hora", comentou Renato em entrevista ao Seleção Sportv, relembrando o lance para cima de Valdivia.

O meio-campo do Santos destacou a qualidade do elenco campeão e acredita que com alguns reforços pontuais a equipe pode brigar também pela conquista do Brasileirão. Renato também destacou a importância de Robinho no time, mas afirmou que mesmo sem ele o clube alvinegro tem chance de ir bem no campeonato nacional.

"Temos um bom elenco e um número grande de bons jogadores da base. Sabemos que o Brasileiro é diferente e que nosso parâmetro tem que ser os clássicos e nós fomos bem nos clássicos. A força do grupo é o que vai prevalecer no fim do campeonato, precisamos manter os jogadores que se destacaram e trazer peças necessárias para completar o grupo", comentou Renato.

Para o volante santista, o objetivo é tentar ficar entre os quatro primeiros no Campeonato Brasileiro. "Nosso pensamento é sempre lá na frente, brigar pela Libertadores e até pelo título", afirmou o confiante volante.

Sobre a importância de Robinho, ele sabe que sua permanência é importante para manter o time forte, mas que caso não se concretize o Santos segue bem para o Brasileirão. "É claro que o Robinho permanecendo a gente ganha bastante, se ele não ficar vai ser outro panorama. Mas sabemos que futebol é assim e mesmo sem ele precisamos trabalhar para o Santos ir para as cabeças. Claro que com ele no grupo as chances de brigarmos por título são maiores".

A vontade de Robinho querer permanecer é um fator que deixa Renato mais confiante. " Ele vem todos os dias com uma alegria imensa, talvez isso ajude na negociação com o Milan para contarmos com o Robinho o máximo possível. Dentro de campo ele ajuda muito os mais novos", finalizou o volante santista.

Uol Esporte

Nenhum comentário: